sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Tags: , ,

BBAS3 - Balanço Trimestral - 4T2013


Papel: BBAS3
Tipo: ON
Empresa: Banco do Brasil S.A.
Banco Múltiplo
Financeiro
Sub-Setor: Bancos
R$ 59.428.748.995
http://www.bb.com.br/portalbb/home2,136,136,0,0,1,8.bb
Dados da Companhia


1 - Principais resultados nos últimos 4 anos

2 - Evolução do lucro líquido nos últimos 4 anos


3 - Valores médios nos últimos trimestres

 

4 - Evolução da margem líquida e ROE nos últimos 4 anos

  
5 - Tabela resumo dos ativos monitorados

 

5 - Comparação entre os "Grandes"


30 comentários:

  1. Da imprensa:

    O maior banco do país por ativos, teve lucro líquido de R$ 15,8 bilhões em 2013, valor 29,11% superior ao registrado em 2012 e recorde na história do país. Mas este resultado foi influenciado pelos R$ 5,4 bilhões captados pela abertura do BB Seguridade. Descontado este efeito, não recorrente, o lucro ajustado foi de R$ 10,3 bilhões.

    O BB distribuiu aos acionistas R$ 6,3 bilhões, montante equivalente a 40% do lucro líquido de 2013, sendo R$ 3,3 bilhões na forma de juros sobre capital próprio (JCP) e R$ 3,0 bilhões em dividendos. O valor da remuneração por ação alcançou R$ 2,23.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/banco-do-brasil-teve-lucro-recorde-em-2013-mas-resultado-do-quarto-trimestre-derruba-acoes-11589885#ixzz2tHzuKaHL
    © 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


    Apesar do resultado recorde, as ações do Banco do Brasil lideraram as baixas no Ibovespa da Bolsa de Valores de São Paulo após a divulgação.

    Mesmo já previsto por analistas, o desempenho ruim no último trimestre do ano passado desagradou o mercado. Entre outubro e dezembro, o banco teve lucro de R$ 3,025 bilhões, queda de 23,7% sobre igual período do ano anterior. O ano passado foi marcado, para o setor bancário como um todo, pela rigidez maior na concessão de crédito, porque a economia brasileira não teve um bom desempenho, forçando as instituições financeiras a priorizar a qualidade de suas carteiras de financiamentos. O BB, no entanto, fez o movimento contrário dos bancos privados. Continuou com a política de crédito e com isso houve uma piora na qualidade da sua carteira de financiamentos. Em suma, o governo sacrificou o Banco do Brasil para tentar amenizar o cenário de maior rigidez na concessão de crédito, o que freia o crescimento da economia.

    Em relatório, o banco americano JP Morgan disse que, “embora as tendências operacionais tenham sido mistas”, o resultado trimestral do BB ampara a “visão de que o crescimento dos lucros continuará sendo um desafio em 2014”.

    Em linha com as perspectivas de mercado, a instituição divulgou uma projeção mais conservadora para o crescimento da sua carteira de crédito ampliada, que inclui títulos e avais, neste ano que deve ser de no mínimo 14% e no máximo de 18%. O maior crescimento do crédito em 2014 deve vir, conforme o BB, do segmento do agronegócio. O banco espera que os empréstimos para este fim avancem entre 18% e 22% neste ano. O intervalo projetado, porém, é inferior ao do ano passado que indicava para avanço de no mínimo 24% e no máximo 28%.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uó, sem estresse.

      Este mal desempenho, quando se desconta o evento não recorrente da venda do BB seguridade, aliado ao fato daquele julgamento no STF apenas dá uma ótima janela de entrada para os que querem entrar nesta ação.

      Ou seja, resultado ruim como esperado, perspectivas de curto prazo em linha com o país do PT, mas instituição forte desde o império!

      Excluir
    2. Tô estressado não, o mercado é que ficou, rs.

      Excluir
    3. É verdade, o mercado que ficou... Resta a nós apenas aproveitar!!

      Excluir
  2. Quando será o julgamento? Seria este mês, correto?

    Quando vejo os balanços do banco do Brasil, é impossível não lembrar da Ostra :P

    No mais, continua ótima empresa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dona Ostra (ex-Blogueira) tinha uma posição "respeitável" no BB....

      Excluir
    2. Quando eu cheguei esta aí já tinha ido embora, o problema de divulgar valores em blog é este, você fica no fio da navalha, decidi parar de divulgar para poder ficar aqui tranquilinho.

      Excluir
    3. respeitável é pouco mais um pouco ela já era quase marjoritária kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    4. Essa tal aí segundo dizem teria usado inside information para se dar bem no mercado.

      Excluir
    5. Ela realmente se dava t]ao bem assim, fugia à média dos demais investidores?

      Excluir
  3. O povo ainda insiste e analisar apenas o trimestral, resultado do ano foi mais um recorde de lucro, Quer mais oque? Na minha opinião esta tem sinal verde para entrar ou aumentar posição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sovina, sem dúvida alguma é empresa que na minha opinião vale a pena ser sócio.

      Em determinadas empresas acho válido analisar o trimestral pois ao contrário dos dogmas do Bastter, na minha opinião em situações selecionadas (não esta) o trimestral pode mostrar tendencias da empresa (desde que ela não seja daquelas de variações sazonais, obviamente).

      Por fim, o lucro foi recorde APENAS pela presença de um evento não recorrente : a venda do BB seguridade.

      Falei, falei, falei e no fim concordo que é empresa para ser sócio!

      Abraços

      Excluir
    2. Realmente este não recorrente distorceu um pouco os lucros, fato.

      Excluir
  4. UO, conseguiu comprar Nossa Senhora? Bagual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. té agora não, trem difícil sô! mas a cada dia subo uns centavinhos na ordem de compra, sem estresse. rs

      Excluir
    2. Poxa, por causa de um real esse mineiro pão duro ainda não é meu sócio???

      Coloca 150,00 logo no HB para ordem de compra homem!!!

      Excluir
  5. Sei que o BBAS3 tem os melhores números do setor, mas não consigo confiar em empresas administradas pelos petralhas. Tenho certeza que se a batata assar o Governo vai foder o BB e consequentemente os acionistas. Prefiro investir no ITUB3 mesmo. Mas é inegável que o BB é a melhor empresa do setor bancário, ao menos nos dados fundamentalistas.

    ResponderExcluir
  6. UO, só tenho a agradecer ao mercado por esse preço pois compro valor, acabei fazendo algumas trocas por essa beleza aqui e se cair mais, compro mais e vou acumulando até chegar no meu objetivo. Abraços e seu site esta super legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Fábio.
      E quais foram as suas trocas?

      Excluir
    2. Esta no meu site mas adianto aqui, PRBC4 por aumento de posição em BBAS3, ALPA4 reforçando aumento de posição em CMIG.

      Excluir
  7. Essa inadimplência do BB está muito esquisita.
    Se nos bancos privados a exigência para emprestar dinheiro é maior e a inadimplência fica na casa dos 3,5%, como é que no BB é menos de 2%?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O BB também faz empréstimos subsidiados, nesta modalidade a inadimplência é quase 0, mas o banco não lucra quase nada.

      Excluir
    2. E o bye bye brazil sempre cagando de medo...

      Excluir
    3. Não sei porque o Bye Bye Brazil frequenta blog de renda variável.
      Tá mais perdido que pedófilo em asilo. Huahuahuahua

      Excluir