terça-feira, 3 de junho de 2014

Tags:

Balanço Mensal - Maio/2014


Olá colegas investidores-sofredores-esperançosos!

Estamos aí para mais um fechamento de mês. Maio foi um mês bem interessante para a maioria dos investidores na primeira quinzena mas um tanto quanto frustrante na reta final. Porém estive apanhando feio do IBOV durante todo o mês, mas nos dois últimos dias a carteira de ações esboçou uma reação superando o índice. Como já estava bem positivo nas NTNBs e ligeiramente positivo nos FIIs acabei terminando o mês bem na fita.

A rentabilidade geral do mês foi de 1,55% o que coloca a carteira com -0,27% no ano. No acumulado histórico a desvalorização é de -7.52%.

Neste mês as ações se valorizaram 0,50% contra -0,75% do IBOV. Já os FIIs se valorizaram 2,04% contra 1,37% do IFIX.

O investimento em renda fixa que hoje é composto por NTNBs 2019 e 2035 teve alta de 5,77% .








A alocação dos ativos está bem equilibrada como pode ser visto na pizza ao lado.

O plano atual para os próximos meses é acumular dinheiro na renda fixa (LCI/LCA), desta forma os 25% atuais podem subir para 30 ou 35%.

O percentual alocado em ações pode subir um pouco em junho caso as compras de EZTC3 e GRND3 sejam acionadas. Outas candidatas são UGPA3 e ABEV3.



Ações


Neste mês reduzi posição em TAEE11, VIVT3, STBP11, PETR4 e SLCE3.

Aumentei posição em RAPT4, ABEV3, EZTC3, CGAS5, EUCA4, HGTX3, UGPA3, VALE5, EUCA4 e POMO4.

Uma nova empresa agora faz parte de carteira, a DTEX3 que acabou de entrar mas já foi retirada da lista de ativos desejados pelo Uó na redução de 20 para 16 ativos monitorados.

O gráfico de alocação entre setores ao lado mostra que existe uma alta exposição da carteira em empresas ligadas ao setor imobiliário, mas isto já foi equacionado uma vez que a lista de 16 ativos só possui uma empresa deste setor (EZTC3), então na medida que novos aportes forem sendo executados esta distorção tende a diminuir.


FIIs

A carteira de FIIs deu tchau ao VLOL11. Este não deixará saudades. Com os aluguéis recebidos no mês comprei mais um pouco de PLRI11.

A carteira ainda continua uma bomba prestes a explodir mas segue apresentando bom desempenho, principalmente "no que se refere" aos FIIs atrelados à inflação (IPCA e IGPM).

Como já foi falado em post anterior, alcançamos um Yield recorde em maio (1,09%) e já vou adiantar aqui que este recorde será quebrado em junho, aguardem.

Proventos Totais

E não foi só os FIIs que apresentaram Yield recorde, tivemos também nas ações um recebimento recorde de 1,89% que levou a um Yield geral de 1,67% como pode ser visto no gráfico ao lado.

O que mais contribuiu para este desempenho foram os dividendos (0,86% do total em renda variável) como pode ser visto na tabela a seguir.

É isto, fui.

29 comentários:

  1. :)

    :(

    =(

    ^_^

    :D

    =D

    |o|

    @@,

    ;)

    :-bd

    :-d

    :p

    ResponderExcluir
  2. Yield do seus FIIs estão espetaculares, mas com novas compras eles tendem a cair.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mês que vem já vai cair bem por causa do último IGPM negativo, e novas compras estão paralizadas até a próxima desova, por enquanto só reinvestindo os aluguéis.

      Excluir
  3. Uó, a atualização sua possui muitas informações e dispostas com muita qualidade. Gostaria de destacar apenas uma: os proventos da carteira, especificamente os dos fundos imobiliários.

    Vou fazer no fim de semana uma comparação para ver como estou. Além disso, no momento, tenho poucos papeis, e diversificar é fundamental nesse investimento. Há muito tempo queria detalhar a minha situação, e me senti empurrado para isso... rs...

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Dr. Vejo muitas pessoas por aí falando que não é prudutivo ficar monitorando rentabilidades e yields, mas eu acho divertido, rs.
      Abraço!

      Excluir
    2. Mais uma pergunta: O Yield você calculou com base no PM, certo? Ou foi com base na última cotação do mês?

      Excluir
  4. Legal Uó. Por que a Brin e a GRND são suas principais posições?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi cirscunstancial, todos os percentuais na minha carteira são circunstanciais, nenhum foi planejado. BRIN3 é passado, GRND3 é presente e futuro, rs.

      Excluir
  5. [x] Very good pra xuxu - acima do CDI de 0,86
    [ ] Tá ruim mas tá bom - acima do IBOV de -0,75
    [ ] É culpa da Dilma!! - abaixo do IBOV

    kkk

    ResponderExcluir
  6. porra, ce opera pah kralho hein

    congratz aew pela rent

    ResponderExcluir
  7. Uorrem você pode ensinar como fazer esses gráficos? Quando eu tento fica uma porcaria...
    Sua rentabilidade foi excelente, parabéns! :)

    Vai ficar com VLOL11 mesmo? Está analisando mais algum FII?
    Quero adicionar mais uns 2 na minha carteira e estou estudando PQDP11 e HGRE11...

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha o soldadinho raso que se acha de elevada patente pedindo ajuda. Onde está sua habitual arrogância?

      Excluir
    2. Opa, posso lhe encaminhar minha planilha, aí vc dá uma acochambrada nela, rs
      VLOL já vendi tudo conforme disse no post.
      Meu radar de FIIs é este:
      AEFI11
      AGCX11
      FCFL11B
      FEXC11B
      FIIP11B
      HGBS11
      HGCR11
      HGLG11
      HGRE11
      NSLU11B
      PLRI11
      RBRD11
      RNGO11
      SDIL11
      VRTA11
      XPGA11

      Excluir
    3. Uorrem por favor me envie no contato arroba generalinvestidor.com.br te agradeço muito se puder! :)
      Belo radar... Eu tenho alguns desses em carteira, NSLU11B está na minha mira também, bem lembrado desse fundo.

      Excluir
  8. Olá Uo,

    Quando você pretende liquidar os ativos que não irão fazer parte da nova configuração da sua carteira? Já tem algo em mente?

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I.L. liquidar não irei, mas alguns ativos poderãos ser vendidos parcialmente em um determinado contexto. Por exemplo, vendi PETRO quando chegou em 18 no mês passado, sobrou um pouco na corretora que nem compensa vender devido a corretagem, vai ficar lá pros netos. Com o dinheiro comprei mais Vale, que poderá ser vendida se valorizar 20% em três meses, se não valorizar vai ficar lá. O meu critério de venda atual abrange altas valorizações em curtos períodos de tempo, se o ativo for subindo em um ritmo/taxa menor acho que não compensa vender pois não é um excesso de mercado. Procuro vender só qd o mercado está muito eufórico, e estou procurando comprar só quando o mercado está depressivo, rs.

      Excluir
  9. Consultor Uó, por acaso você acha que vem queda forte no IBOV nos próximos meses?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 33.3% de chances de cair, 33.3% de chances de subir e 33.3% de chances de continuar lateralizando, rs.
      Troleta, as eleições definiram o rumo do mercado para o resto do ano, o mercado não conseguirá precificar o resultado antes das urnas serem apuradas pois não tem como prever, então acho que ele ficará andando de lado até lá. Acredito que teremos otimismo se trocar o governo, e isto pode fazer a bolsa continuar subindo, se não trocar poderemos ter queda, mas não creio que será uma queda muito forte.

      Excluir
    2. 100% de chance que vc vai acertar alguma previsao.

      Excluir
    3. Ta melhor que muito consultor financeiro por ai!

      Excluir