domingo, 1 de junho de 2014

Tags: ,

Gráficos bem Costurados


O blogueiro Geração 65 que vinha até então apresentando resultados bem consisentes na sua carteira de ações acaba de comunciar ao mercado a alienação de todos os seus ativos. Por outro lado, o blogueiro AdP manifestou seu desejo de parar de divulgar valores em R$ nos seus balanços mensais.

Estes dois colegas, através dos seus gráficos consolidados que podem ser visualizados abaixo, conseguiram demonstrar para mim que investimentos em renda variável podem trazer boas rentabilidades se selecionados os ativos de forma otimizada e coerente.

Desempenho G65
 

Desempenho AdP


Eu, como sou um analista de gráficos nato, rs, não pude deixar de notar que os gráficos dos dois colegas são bem parecidos, porém o G65 sofreu maior volatilidade e o AdP esteve acima do CDI desde 2012.

Questionando o AdP sobre o sucesso da sua carteira em seu último post obtive uma resposta sensata e realista:

"Sendo sincero com você, e sem falsa modéstia, não considero minha carteira como vencedora. Se você olhar de novo, verá que minha carteira de ações não estão muito diferente do CDI (Apesar de ser um CDI bruto. Teria que descontar os impostos). Ou seja, corro um risco grande para ter uma rentabilidade semelhante. Eu somente estou sendo vencedor em relação ao Ibov.
Mas como o período é curto, vou deixar o tempo passar para ver se realmente serei vitorioso.
Mas respondendo a pergunta sobre minha performance, acredito que seja o investimento em empresas lucrativas. Muitas estão com preço médio acima do preço de mercado, mas esta tabela não considera os dividendos.
A não diversificação também é muito importante, pois quanto mais ações eu adiciono na carteira, mais próximo ficarei do mercado, ou seja, a linha da minha carteira seria deslocada para baixo. Só tenho que tomar o cuidado na escolha da empresa.
Mas vamos ver como será daqui para frente. Está um pouco cedo para tirar conclusões. Como estou aumentando a participação de empresas com baixo valor de mercado, espero que eu consigo aumentar minha rentabilidade no longo prazo."


Concordo com o AdP que um período de 3 anos e meio é pouco tempo para se tirar maiores conclusões, mas o gráfico não mente e as rentabilidades dos dois blogueiros na minha opinião são muito boas principalmente se comparadas ao IBOV no período.

E você leitor (pequeno investidor), pensa que vale à pena investir em renda variável no Brasil? Ou neste mercado só sobrevivem os grandes tubarões?

Estamos observando desde a grande úlima crise uma debandada massiva de investidores pessoas físicas da bolsa brasileira. Vejam no gráfico abaixo (linha azul) que estamos em níveis mínimos de P.F. na bolsa. Por outro lado, o investidor estrangeiro nunca esteve tão numeroso na bolsa quanto agora (linha verde). Será que estão vendo algo que nós brasileiros não estamos?

Sim, os estrangeiros estão entrando com força nos últimos meses... estamos em um momento de divergência nunca vista antes entre o desempenho do IBOV e o fluxo estrangeiro como pode ser demonstrada pelo gráfico abaixo:


Esta divergência fica mais evidente quando visualizamos o número de contratos abertos no mercado futuro:


Arrisco a dizer que estamos vivendo um momento ímpar na bolsa brasileira, mais para o viés positivo do que para o negativo, frente ao grande volume estrangeiro verificado nos gráficos. Entretando, estamos precisando apenas de um efeito catalizador, e todos sabemos qual não é mesmo? Não preciso nem falar.

Enquanto nada se define (por enquanto) o pequeno investidor continua fugindo da bolsa, imaginem quando a sardinhada acordar, quando começar a surgir na mídia (de novo) as capas de revista: "Fulando Aposentou na Bolsa", "Ciclano Agora Vive de Bolsa" e bla bla bla... Aí vem todo mundo correndo novamente, comprar suas OGX e afins, rs.

Abaixo temos um outro gráfico com período um pouco maior que retrata muito bem a situação atual: estrangeiro entrando, pessoa física saindo, instituições financeiras em cima do muro, investidor institucional em cima do muro, empresas saindo de vagar e IBOV caindo.


Enfim, sigo aportando, mais em alguns momentos, menos em outros. Colocando um pouco na renda fixa, um pouco em imóveis, um pouco em ações, ou seja, dançando conforme a música. Não podemos é ficar parados, oportunidades surgem todo o dia.

Bom domingo a todos!

28 comentários:

  1. Esses gráficos do G65 e do ADP só provam que fazer stock picking é muito melhor do que investir no Ibovespa.

    Sobre a Bolsa em si, sigo investindo e fazendo compras mensais. Reafirmo o que já falei antes, a SELIC vai ter que cair nos próximos anos.

    País desenvolvido é país com juros baixos. E isso vai acontecer aqui no Brasil. Logo, as mamatas da renda fixa vão acabar.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A pergunta qu ençao quer calar: Basta fazer Stock Picking? Comprar e deixar comprado? Ainda não tenho resposta, mas estou satisfeito com mnha última venda de BBAS 25.25, rs
      Sim, SELIC vai ter que cair, mas pdoe subir mais, qual deve ser então o comportamento do investidor diante desta encruzilhada?

      Excluir
    2. Permanecer comprado enquanto a empresa for boa e sair no dia que ela ficar ruim.

      A SELIC pode até subir no curto prazo, mas no longo prazo ela vai ter que cair. Não dá para ir contra esse movimento. É só comparar a taxa de 2004 com a de 2014.

      Abraços.

      Excluir
    3. sua resposta eu já sabia, rs

      Excluir
  2. Uó, esse seu post foi SENSACIONAL.

    Realmente vivemos um períodos de grandes oportunidades na bolsa brasileira, e os estrangeiros estão fazendo o que todo boçal fala sobre a bolsa : entrar na baixa.

    Nosso país, sob o comando da foice e o martelo do nosso governo vermelho, anda com o freio de mão puxado, na estagflação. Nossa economia é ineficaz e nosso ministro um motivo de piada, nem mais velada. Isso faz nossas boas e potentes empresas andarem devagar e prejudicam desproporcionalmente os preços de ativos. Hora boa de entrada? Bem, ao que parece há grandes chances. Uma hora esse governo incomPTente sairá, a confiança do estrangeiro no país melhorará e alguém saberá controlar as contas sem fim do governo marketeiro, e fará a economia andar.

    Talvez nem seja ainda nesse ano, visto que a megera anda com muitas chances de se eleger, embora eu mantenha as esperanças, mas certamente um dia ocorrerá.

    Fiquemos atentos, mantendo nossos aportes conforme a dança que toca, como tu mesmo dissestes. Este é um país que abre chances no momento ou para irmos para o céu ou inferno...

    Com a aproximação das eleições estarei de olho na compra de dólares. Olha que coisa idiota, não? Não sei... Isso á algo que as pessoas não falam, mas estou pensando que, caso sinta que a presidanta vá ganhar, sinto o dólar hoje mantido em preços artificialmente mais baixos que estaria se a economia fosse livre e não sofresse tanta intervenção do governo para ter um mecanismo a a mais de controle (ou maquiagem) da inflação. É algo que ainda estou amadurecendo.

    Mas enfim, o seu texto foi mesmo SENSACIONAL, talvez mais ainda do que você próprio tenha notado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu seu guarda, o texto surgiu expontaneamente, estava analisando alguns gráficos hoje pela manhã e resolvi dar uma costurada, rs.
      Engraçado que eu também estou de olho nes dolar, mas é algo que eu não manjo, nem sei como investir, seria mais uma forma de dançar conforme a música.
      De qualquer forma há algo muito estranho neste mercado, e não é só que quem está falando, tem visto muita gente que vive o mercado o dia todo, a semana toda, sem saber para onde ir, rs
      Abraço!

      Excluir
  3. A história já provou que o mercado acionário é uma ferramenta eficiente na preservação do real valor do patrimônio, estudos que comparam o índice com a inflação oficial medida pelo IPCA e CDI em períodos anuais mostram isso, no período de 17 anos nunca a renda fixa bateu a variável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Encare a bolsa como um martelo, uma ferramenta que se usada da forma correta você constrói uma casa, mas tem muita gente por aí que vive martelando os dedos, e acabam desistindo e saindo muito machucadas.

      Excluir
  4. Olá Uó. Muito obrigado pela referência.
    Durante um bom tempo eu e o G6 tivemos empresas semelhantes. já fomos sócios em BBAS3, CIEL3, CCRO3 e CMIG3.
    Na minha opinião vale sim a pena investir na renda variável no Brasil. Mesmo no nosso cenário conturbado, há ainda empresas que conseguem mostrar resultado, o que acaba espelhando na cotação.
    Além disso o investidor tem que ter uma diversificação saudável. Na minha opinião, acima de 18 ações é como dar tiro para todo lado. Acho que um investidor comum deveria ter entre 5 e 18. 12 seria um número bom, representando uma empresa por mês. Há estratégias de rodízio de aportes, como por exemplo o Eduardo Leitão do blog "Leitão em Ação" prega, onde cada mês deve-se aportar em uma empresa na forma de rodízio. Eu não faço isso mas considero uma estratégia válida.
    Mas o mais importante é a escolha das empresas. O investidor deve se preocupar em buscar todas as informações disponíveis sobre a ela, começando pela página de Relações com Investidores. Ele precisa baixar e ler todos os demonstrativos e todos os extensos ITR's. Deverá planilhar todas as informações contábeis e tirar sua conclusão. Como o investimento em ações não é um mero investimento em números, o investidor precisa também ter um feeling sobre o setor que a empresa atua, sobre seus produtos e sobre sua administração. Ele precisa ouvir as teleconferências e enviar perguntas para o RI da empresa. Em resumo, o ponto mais importante é saber escolher cuidadosamente a empresa que vai entrar para o time.
    Ínevitavelmente ele fará escolhas ruins ou perceberá que há oportunidades melhores na bolsa. Nesses casos o investidor precisa estar ciente de que existe o botão de venda de ações. Não sou a favor do casamento entre um pequeno investidor e suas ações, pois a possibilidade de se desfazer rapidamente delas é justamente sua vantagem em relação a um grande fundo de investimento. Já vendi PETR para comprar VALE e já vendi VALE para comprar ALUP. São ajustes que fazem parte do jogo. O importante é o investidor estar confortável com sua carteira de ações. Se entre 10 ações ele possuir 5 vencedores, seus resultado será recompensador no longo prazo.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada, nós que agradecemos a contribuição para a comunidade, rs.
      Concordo com todas as suas ponderações, e lembro que tempos atrás ficar lhe perguntando porque você mantinha a Vale na sua carteira, mas na minha opinião o ativo destoava dos demais lá, rs. Depois você acabou vendendo e colocando a Alupar no lugar
      Sobre o número de ativos, selecionei 16 e devo atuar como um treinador de time de futebol, escolher 11 titulares e manter 5 no banco, rs
      Uma pergunta: para o calculo do IBOV leva-se em consideração apenas o preço dos ativos correto? Quer dizer, nao se leva em consideração do dividendos que descontam o preço estou correto?

      Excluir
    2. Estava errado, fui fazer a pesquisa:

      Ajustes do Índice

      De forma a medir o retorno total de sua carteira teórica, o Índice Bovespa será ajustado para todos os proventos distribuídos pelas companhias emissoras das ações integrantes de seu portfólio.
      O ajuste é efetuado considerando-se que o investidor vendeu as ações ao último preço de fechamento anterior ao início da negociação “ex-provento” e utilizou os recursos na compra das mesmas ações sem o provento distribuído (“ex-provento”).

      Fórmula de Alteração na Quantidade Teórica

      Qn = Q0 * Pc / Pex

      (por ocasião da distribuição de proventos)
      onde:
      Qn = quantidade nova;
      Qo = quantidade antiga;
      Pc = último preço de fechamento anterior ao
      início da negociação “ex-provento”;
      Pex = preço ex-teórico, calculado com base em Pc

      http://www.bmfbovespa.com.br/Pdf/Indices/IBovespa.pdf

      Excluir
    3. Uó,

      concordo plenamente com tudo o que o Além da Poupança comentou.
      Vale muito a pena investir no mercado de ações mas tendo os cuidados citados por ele.
      E reforçando o que ele também já frisou, há um botão de venda no HB, caso algo saia errado.
      Se você percebe alguma falha na estratégia ou se a empresa que você detêm ações não está, de maneira consistente, dando bons resultados segundo sua análise, venda.
      Corte logo o prejuízo e não viva de esperanças.

      Excluir
    4. Pois é G65, vc é prova viva de que o negócio funciona,rs.
      Grande abraço!

      Excluir
    5. Sem dúvidas que funciona, com as devidas ponderações, citadas por vocês!

      No longo prazo os dados mostram que as chances de se perder dinheiro são bem baixas e quase inexistentes. Porém, para realmente valer apena, precisamos superar o IBOV, o que nossos nobres colegas Adp e G65 demonstraram ser possível para nós PF.

      Na minha última postagem eu ilustrei bem a realidade do IBOV, e por que o pequeno investidor precisa realmente bater o mercado caso queira vencer o CDI no longo prazo. Deixarei o link aqui para quem não viu: http://investidorinsano.blogspot.com.br/2014/06/estudo-dos-retornos-anualizados-da.html

      Excluir
  5. Eu acho que essa entrada de investidores estrangeiros em 2014, dando uma pernada significativa no gráfico, se deve à crise na Ucrânia. Parte dos investidores deve ter deslocado seus investimentos de risco em BRICs da Russia para o Brasil e outras opções. Possivelmente com uma pressão do próprio governo americano sobre os tubas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou chamar o Troll aqui pra ver se voces tomam jeito. Parece que tudo que acontece na bolsa agora é culpa da Criméia?

      Excluir
    2. Poi sé Seth, o motivo eu desconheço, mas o fato é que geralmente quando se tem um alto flixo de estrangeiros na bolsa a mesma sobe, e estamos notando justamente o contrário, isto é que está deixando os analistas com a pulga atrás da orelha,rs.

      Excluir
    3. Ao Anon
      Tudo o que acontece (de ruim) na bolsa geralmente é culpa da Dilma... :)

      Excluir
  6. Uó, onde encontro o RI dos FIIs? Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I rapa, cada FII tem um RI diferente, veja lá no blog do Tetz.

      Excluir
  7. Grande texto! Li muita coisa importante.

    ResponderExcluir
  8. A impressão que tenho é de que a redução do volume investido pelos investidores PF na Bovespa está diretamente relacionada com o incentivo ao consumo feito nos últimos anos.

    Desde 2010 o número de CPFs cadastrados nas Corretoras está na casa dos 600k. Já o volume negociado por esses mesmos CPFs (em percentual dos negócios) vem caindo ano a ano. Hoje (2013) só é superior ao negociado em 1998.

    Custo a acreditar que as pessoas tenham medo de investir, pura e simplesmente. Por experiência própria, acredito que lhes falte dinheiro mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parte pode ter ido para o consumo sim, mas parte foi para investimentos em renda fixa.

      Excluir
  9. Onde consigo o numero de pessoas fisicas e investidores estrangeiros ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que no site da Bovespa tem, mas eu gosto de acompanhar este blog...
      http://gringolandianabolsa.blogspot.com.br

      Excluir