quarta-feira, 11 de junho de 2014

Tags: , ,

Ultrapar - 1T2014


Tenho visto ultimamente muitos colegas investidores cogitando aportar neste grupo. Posso dizer que já estou dentro e que se trata de uma holding sólida e promissora controladora de empresas que têm apresentado resultados consistentes nos últimos anos. Vale à penas dar uma olhadinha nos números consolidados do grupo.


Desempenho

O patrimônio do grupo cresceu 19,91% em relação ao primeiro trimestre de 2013 e 11,38% em relação ao trimestre anterior. Trata-se portando de um grupo em expansão. A última incorporação foi a rede de farmácias Extrafarma. Em comunicado ao mercado, o grupo deixou claro que a associação com a subsidiária marca o ingresso da Ultrapar no crescente mercado de varejo farmacêutico, tornando-se o terceiro negócio de distribuição e varejo especializado da companhia, com características de crescimento, resiliência e diferenciação em serviços e conveniência para os consumidores. Este movimento abre uma nova frente de criação de valor para a companhia, principalmente através de maior envergadura na expansão de lojas da Extrafarma, a ser potencializada pela maior capacidade de investimentos, capilaridade dos mais de 10 mil pontos de venda Ipiranga e Ultragaz. Adicionalmente, a presença de drogarias nos postos Ipiranga e revendas Ultragaz traz mais conveniência e serviços aos seus consumidores, aumenta o tráfego de pessoas e volume de venda de combustíveis.

A receita líquida cresceu 17,26% em relação ao primeiro trimestre de 2013 porém diminuiu 1,72% em relação ao trimestre anterior. Historicamente o grupo tem uma queda de receita entre o último trimestre do ano e o primeiro do ano seguinte. Gosto de analisar o gráfico Receita/Patrimônio apresentado na figura abaixo, através deste gráfico posso acompanhar a evolução de receitas em função do patrimônio da empresa, ou seja, o aumento do tamanho da empresas está sendo acompanhado por um aumento de receitas? Se tivermos um gráfico no mínimo horizontal já é um bom indicativo. No gráfico abaixo podemos notar uma tendência crescente, até o último trimestre de 2013, já neste trimestre o grupo reportou um aumento de patrimônio em detrimento de uma diminuição de receitas. Por outro lado a receita acumulada em 12 meses teve aumento de 14,82% em relação ao primeiro trimestre de 2013 e 3,85% em relação ao trimestre anterior.

O lucro líquido cresceu 1,12% em relação ao primeiro trimestre de 2013 porém diminuiu 32,76% em relação ao trimestre anterior. Já o lucro líquido acumulado em 12 meses cresceu 14,77% em relação ao primeiro trimestre de 2013 e 0,22% em relação ao trimestre anterior. Isto mostra um grupo com crescimento de lucros consistente mesmo considerando a dominuição do lucro em relação ao último trimestre de 2013 que também é justificavel historicamente pela diminuição de receitas. Os pontos negativos foram a diminuição das margens e ROE. A margem diminuiu 0,04% em relação ao primeiro trimestre de 2013 e 3,49% em relação ao trimestre anterior. Já o ROE diminuiu 4,28% em relação ao primeiro trimestre de 2013 e 10,02% em relação ao trimestre anterior.

Maiores informações sobre os resultados podem ser acessadas nete link.


Alavancagem

No primeiro trimetre de 2014 o grupo apresentou um ligeiro aumento nas dividas de longo prazo, passando de 5.139.637 para 5.830.497. Já as dívidas de curto prazo diminuiram de 1.829.989 para 1.778.922. Apesar disto as dívidas do grupo permanecem saudáveis uma vez que o gráfico Dívida / Lucro mostra que nos últimos 3 anos a relação está horizontal, ou seja, dívidas estão sendo realizadas para investimento nas empresas e consequente geração de receita/lucros.

O grupo teve ligeria diminuição no caixa total, passando de 3.425.201 para 3.184.314 e o aumento das dívidas de longro prazo levou a uma diminuição do caixa líquido de -3.544.425 para -4.425.105.

A companhia tem melhorado seu perfil de vencimentos de dívida e reduziu ligeiramente suas métricas de alavancagem, embora ainda tenha vencimentos de curto prazo significativos.

Maiores informações sobre as dívidas podem ser acessadas nete link.


Resumo

O quadro abaixo apresenta os principais múltiplos do grupo. Considerei o resultado do trimestre Regular face às diminuições de margem (-3,49) e ROE (-10,02). Porém classifiquei o consolidado dos últimos 4 trimestres como Bom, uma vez que a margem manteve-se praticamente estável (-0,04%) e o lucro acumulado apresentou bom crescimento (14,77%). Não poderemos neste momento considerar a queda do ROE como ponto negativo uma vez que esta foi ocasionada principalmente pelo  aumento de patrimônio, sendo assim o investidor deverá ficar atento para os próximos resultados a fim de verificar se este crescimento em tamanho será seguido por um crescimento de receitas/lucros.


31 comentários:

  1. Obrigado Uó.

    Boa análise, como de costume. Ainda vou ficar de stand by nessa empresa, só observando...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rs, também estou observando, já tenho dela mas precisamos ficar de olho na sua dívida, o S&P classificou como risco intermediário e não vê melhoras, é um grupo que tem sido agressivo no crescimento, isto assusta um pouco. O lucro neste trimestre foi bem impactado com a dimiuição de venda de gás, muito em função da onda de calor que o país sofreu no início do ano. Já o setor de combustíveis, o carro chefe, vai de vento em poupa. Com a chega do frio o consumo de gás aumentará, e a receita será aumentada. Precisamos ver o desepenho das farmácias agora, as metas são ambiciosas, vamos ver se o povo realmente vai comprar remédio em posto de combustível, rs, eu mesmo não compro nada em loja de conveniência, não é nem um pouco conveniente, rs.
      Acabei comprando mais um pouco de LEVE3 ontem, comprei também GRND3 e ABEV3 neste mês. Estou focando em dividendos por enquanto.

      Excluir
  2. Mestre, acha que vale a pena vender BB (com um preju 10% +-) e comprar Ultrapar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Micro Investidor Nerd,
      Eu não venderia BB. Compraria Ultrapar com novos aportes.

      Excluir
    2. Micro-nerd, qual foi seu objetivo com a compra do BB? dividendos? Lembre-se que a UGPA é uma empresa de crescimento, um pouco diferente do BB.
      Se você quer mudar de estratégia tudo bem, mas você definiu sua estratégia no início?
      Você disse que no momento está com um preju de 10%, então você foi um daqueles que comprou BB no topo, e sofreu com ele nos últimos meses, então você sofreu muito e continuou firme com a ação, agora que está subindo é que pretende vender?
      Tem uma máxima muito verdadeira no mercado que diz que o ser humano fica firme com um ativo quando ele está caindo, mas quando começa subir ele quer logo se desfazer do ativo, isto faz sentido?
      Desculpa as provocações, mas cuidado com o efeito manada, não seja mais um da turma.

      Excluir
    3. "Mestre". Púúúúúrrrra ó a morau do Uorrem

      Excluir
    4. Pergunta lá no posto Ipiranga... rs...

      Excluir
    5. Na região onde moro aqui em BH só tem Shel e BR, nem dá para perguntar, rs

      Excluir
  3. Uó, não tem muito o que falar desta empresa, parece um relógio. Conheço a empresa e os caras parecem desenvolver um trabalho bem sério. O resultado ligeiramente inferior de 1 trimestre não quer dizer nada.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu disse no post, historicamente o primeiro trimestre do ano tem uma queda de receita, neste em específico teve-se uma grande queda devido à baixa demanda de gás. Vamos ver agora o impacto da rede de farmácia na operação.

      Excluir
  4. Uo,

    A Ultrapar é uma ótima empresa. É no mínimo umas trocentas vezes melhor que a Petrobras. Sobre o resultado do 1T14, nada a comentar. Tem que esperar fechar o anual.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentar podemos, mas tirar conclusões é prematuro. Boa empresa sim.

      Excluir
  5. Muitas vezes as pessoas acreditam no improvável e duvidam do provável. BAGUAL.

    ResponderExcluir
  6. eu também tenho ugpa3, mas acho que ela trabalha em setores com margem bem bem baixa como gás, posto e agora farmarcia, vamos ficar de olho, boa analise.Sds
    Son of gun

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As margens são baixas, mas a grande vantagem é que ninguem compra gasolina e gás fiado, rs.

      Excluir
    2. Bem observado! BAGUAL.

      Excluir
  7. Não levei como provocações de modo algum! Foi mais uma lição mesmo!

    Eu já imaginava que você não ia recomendar vender BB pra pegar Ultrapar, mas queria ter certeza.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rs. fique firme. eu por exemplo só vendo uma ação, e mesmo assim nunca vendo tudo, se ela já está me dando pelo menos 20% de lucro.

      Excluir
  8. Essa margem não está no padrão AdP de qualidade. Tô fora.

    ResponderExcluir
  9. Uorrem vc produzia mais antes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu filho nasceu, agora estou produzindo mamadeiras, rs

      Excluir
  10. Porrrra UO, que falta de assunto!

    ResponderExcluir
  11. Uorrem,

    Se ajudar, coloquei uma lista de distribuição de FII no meu blog, talvez isso ajude em outras analises ou post's como este.
    abs

    Espero que seja util.

    abs

    ILP.

    http://investidorlongoprazo.wordpress.com/2014/06/15/base-consolidada-de-rendimentos-de-fii-2014-janeiro-a-maio/

    ResponderExcluir
  12. UO, o BAGUAL voltou e mudou. Seja benvindo!

    ResponderExcluir
  13. Parabéns, Uó, agora aporta forte no BABY3 que no futuro ele trará muitos dividendos. rsrs

    Se puder me add aí será uma boa.
    http://portaldosardinha.blogspot.com.br/2014/06/onde-tudo-comecou.html

    Valeu pela força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado sardinha, os aportes nele já começaram três anos atrás, rs

      Excluir
  14. Essa empresa eu também comecei a acompanhar. Parece-me muito boa, vou só esperar um momento oportuno para entrar!

    ResponderExcluir