terça-feira, 25 de novembro de 2014

Quadrilha do ENEM


Edição: reportagem no Fantástico, link aqui.

A Polícia Civil, em parceria com o Ministério Público de Minas Gerais, desarticulou uma quadrilha que fraudava o vestibular de medicina da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais realizado neste final de semana em Belo Horizonte. Ao todo, 33 pessoas foram detidas.

Segundo as investigações da Operação Hemostoase II, o grupo fazia parte das provas rapidamente, saia com os resultados das questões e repassava para outros candidatos por meio de transmissão eletrônica. A quadrilha cobrava entre R$ 70 mil e R$ 200 mil por vaga e também é investigada por fraude no ENEM.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Jeferson Botelho, o moderno sistema de transmissão de dados teria sido adquirido na China por 200 mil dólares. A Operação Hemostoase II já dura sete meses e investiga a participação dos criminosos em fraudes também na prova do Enem em cinco Estados.

Segundo a reportagem, um dos líderes da quadrilha é Áureo Moura Ferreira que na sua cidade se auto-intitulava "O Rei do Camarote". Em uma busca rápida na sua galeria de fotos no Facebook, é possível ver que a ostentação do produto do crime era prática recorrente. Perdeu playboy!





Nenhum comentário:

Postar um comentário