quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Dia de Pagamento da DARF


Veja meu novo site Aqui 

O último dia do mês é quando abro o home banking para coletar o saldo final do mês (sniff) e aproveitar para pagar o imposto de renda relativo aos ganhos de capital em renda variável do mês anterior. Ultimamente meus ganhos mensais estão limitados aos lucros das operações day-trade, inclusive já fiz um post (relembre aqui) sobre este tema. Espero que este dinheiro seja útil para equilibrar o déficit fiscal do nosso governo, rs. Aqui matamos a cobra e mostramos o pau, seguem as últimas DARFs...



19 comentários:

  1. O cabaço, apaga teu nome pelo menos!

    ResponderExcluir
  2. qual a necessidade deste tópico?
    Vamos debater algo então...
    IPVA irá aumentar aí em minas tbm? no rio está sendo votado na alerj....
    gasolina aumentando, inflação irá subir também...

    Está bom para deixar o país... você pensa nisso UB?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deixo o Brasil por nada deste mundo, só se a família fosse toda junta, o que não é possível. A família é para mim a coisa mais importante, o resto é secundário, vamos nos virando.

      Excluir
  3. "Ultimamente meus ganhos mensais estão limitados aos lucros das operações day-trade"

    Uó, isso significa que não está tendo outro rendimento por atividade laboral?

    Você não acha que ganharia mais se se dedicasse mais ao seu trabalho?

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez vc não conheça minha vida profissional, mas sou sócio de uma empresa de TI com outros 3 sócios. Cada um tem suas metas, e não vou dedicar mais à empresa do que os outros pois isto não vai me fazer retirar mais pro-labore pois as cotas da sociedade são definidas.

      Meu plano é retirar 1.000 reais por dias nas operações de DT, mas isto vai demorar de 4 a 5 anos. Não adianta querer retirar isto agora no início, é o erro de todo deslumbrado. Se der certo daqui 5 anos já poderei parar de "fazer programas", rs. Vamos ver no que vai dar isto.

      Excluir
    2. Em tempo: seu raciocínio é muito válido para profissionais de carreira, que deve ser o seu caso, quanto mais estudos, diplomas, etc, maior a chance de crescer na empresa. Mas em uma sociedade, isto gera conflitos. Se eu fosse sócio sozinho da empresa tb faria certo sentido, mas não é o caso.

      Excluir
    3. Uó, não entenda como uma crítica, pois não foi esta a intenção. Você já falou sobre sua sociedade e vida profissional em outras oportunidades. Acho que você sabe que eu também sou da área de TI.

      Quando te perguntei isso foi pra entender se está tendo ou não outra renda por atividade laboral. Pelo que entendi esta está minguando.

      Desculpa a franqueza, mas ter como meta 1000 reais por dia de DT vai exigir um movimento patrimonial muito alto e um nível de dedicação absurdo, sem contar que você mesmo já fez um post colocando em dúvida a viabilidade de viver de trade.

      Meu objetivo foi alertá-lo que você tem a possibilidade de se dedicar mais à sua profissão para aumentar a renda, seja na própria empresa em que tem a sociedade ou buscando outros trabalhos/fontes de renda na própria área de TI. Sei lá, pelo que diz, me parece que existe um problema nesta sociedade e com esta postura, esta tende a entrar numa espiral negativa logo logo.

      Só minha opinião

      Excluir
    4. Magina, sei que nao é critica, vc apenas esta questionando o modelo proposto, que é totalmente questionável diga-se de passagem.

      Este ano, os sócios majoritários (eu e o fundador) não tiraram um tostão da empresa, os outros dois sócios estão tirando porque não têm como sobreviver sem. Graças a Deus não preciso da empresa para viver, apenas da esposa, rs. Mas isto tudo porque pegamos um projeto ano retrasado que quase nos quebrou, acredito que a partir de janeiro vem começa pingar dinheiro na minha conta novamente proveniente da empresa. Serviço estamos atolado, temos apenas um problema de fluxo de caixa a ser sanado o quanto antes. De qualquer forma, não sei como será o dia de amanhã. Nunca trabalhei empregado, nem sei como é, e não tenho a minima vontade de trabalhar assim. Fazer concurso publico nem pensar. Então vou tocando a empresa como sempre fiz, e qd não precisar mais dela estarei mais livre para decidir o que fazer.

      1.000 reais por dia é factível, mas precisarei acumular 100.000 reais com os trades para isto. Se tudo correr como está correndo em 4 ou 5 anos consigo isto. O erro de todo mundo é querer fazer a vida logo no primeiro ano, isto não existe, é como qq outra profissão, vc precisa ir galgando cada degrau da escada, sem queimar etapas.

      Viver de trade é possível, mas não sei se é para mim, só o tempo dirá, mas tenho muito mais prazer em treidar do que desenvolver projetos de TI, porém gosto muito da minha profissão, e sou um profissional de mão cheia, nunca recebi uma critica, só elogios, os clientes me adoram, rs (sem falsa modéstia). Se a empreitada não for pra frente não ficarei muito chateado pois afinal temos a melhor profissão do mundo não é mesmo? Só perde pra jogador de futebol, músico ou piloto de F1, rs.

      Abraço!

      Excluir
    5. Uó, é muito difícil opinar na vida dos outros, pois cada um tem seus objetivos e anseios.

      Ao que me parece realmente a empresa está sendo conduzida em "banho-maria" e ninguém está fazendo nada muito diferente para mudar este cenário. É curioso você comentar sobre este seu espírito empreendedor (não quer ser funcionário nem concursado), mas ao mesmo tempo não parece demonstrar grande vontade de crescer o empreendimento.

      Pelo que entendi você está cansado da profissão de TI (eu também estou, é verdade) e quer mudar de profissão (viver de trades). Mas lembre-se que isso também é um problema, pois você estará com um capital mobilizado "arriscando" todos os dias no mercado para ganhar o seu ganha pão. There is no free lunch.

      É uma opção, mas me parece mais coerente encontrar formas criativas de evoluir na carreira (não estou falando nem em ser empregado em nem em continuar como técnico). Se você conhece o assunto TI, certamente é mais fácil evoluir neste assunto que começar do zero em outro assunto que não domina.

      Eu não acho que TI seja a melhor profissão do mundo, até porque qualquer profissão, inclusive estas que você mencionou, se tornam chatas quando você tem que fazer por obrigação. Eu atualmente estou investindo em evoluir na carreira para uma posição mais estratégica nas empresas, não necessariamente ligado a TI.

      Abraços

      Excluir
    6. Uma coisa é ser empreendedor sozinho, todos os gains virão do seu esforço, mas quando você tem uma sociedade numerosa acaba que um pode atrapalhar o outro. O que me cansa são as viagens a trabalho, o serviço é prazeroso.

      Mas não quero "viver de trade", enquanto minha renda passiva não for suficiente para pagar as contas não vou largar a profissão de TI. Quando os proventos se igualarem aos gastos será um caso a se pensar, assim os resultados dos trades, os tais mil reais, serão para aporte somente. Treidar com a obrigação de pagar conta é algo que não desejo pra ninguém. Se hoje estou indo bem nas operações é porque não tenho esta obrigação. Disto isto talvez trabalhe só mais 10 anos. Vamos ver o desenrolar desta história.

      Chegamos no topo da nossa profissão, agora é hora de novos desafios, eu encontrei este, por hora.

      Excluir
  4. Fala Uó!

    Também sou da área de TI (programador) e estou pensando em abrir uma empresa na área, estou em fase de pesquisa. Você poderia me tirar uma dúvidas?

    Você tem empregados na empesa ou é só você e os sócios?
    Qual o tipo de serviço / nicho de mercado / clientes com que vocês trabalham?
    Vocês utilizam uma tecnologia específica (tipo php, asp.net, java) ou várias?

    Desculpa aí te encher com essas perguntas, mas é que eu acredito que é sempre bom aprender com quem tem experiência. Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa empresa não tem empregados, são 4 sócios.
      Desenvolvemos sistemas de controle de produção industrial, foco em siderurgia.
      Utilizamos todas as tecnologias citadas, rs.

      Grande abraço!

      Excluir
  5. Um nicho específico como esse seria o ideal mesmo. Pois de sistemas de CRM e desenvolvimento de sites o mercado já está saturado.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Serviço até que não falta, mas cada serviço é algo novo, não dá dinheiro pois esta sempre exigindo novos estudos, esforços . O que dá dinheiro é produto de prateleira, vender algo igual muitas vezes. Volume, escala...

      Excluir
    2. Verdade, e sempre é um stress com mudanças de requisitos toda hora. Uma coisa que penso é no conceito de "softwear as a service", centrado na internet. Você pode personalizar um modulo ou outro pra um cliente, mas o básico não muda e você tem a vantagem de ter o sistema sob o seu controle e não ter que ficar instalando em tudo que é cliente. É só vender as licenças de acesso, rsrsrsr.


      Abraço!

      Excluir
    3. Este modelo tb é bem rentável. Gosto muito.

      Excluir
  6. Uó você usa alguma calculadora de IR, dessas que as corretoras oferecem ao usuário ou você faz todo o cálculo manualmente?

    Pretendo vender alguns ETFs, sei que eles não oferecem isenção de IR para lucros abaixo de 20k portanto vou ter que pagar IR, o problema que não sei como fazer esse calculo, não sei como informar a RF e gerar o DARF em resumo não tenho a minima ideia de como fazer isso. Minha corretora cobra cerca de 20 reais por mês para habilitar essa função.

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. ESTOU COM UMA DÚVIDA! COMPREI AÇÕES E AS MANTIVE (NÃO VENDI),EU DEVO FAZER A DECLARAÇÃO DE IR NO MÊS , OU EM DETERMINADA DATA.

    ResponderExcluir