quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Tags: , , ,

Ações Esquecidas da Bolsa 2 (Mico-Caps)

Estou lançando oficialmente o novo blog...

Abacus Liquid

Em paralelo estarei criando artigos neste site...

Web Informado

Fala galera!

O blog novo já está quase pronto, estou fazendo os últimos ajustes, acho que neste fim de semana já consigo fazer o lançamento.

Mas o assunto de hoje continua sendo as ações esquecidas da bolsa, as chamadas micro-caps. Dias atrás postei aqui a respeito de algumas alocações que fiz (relembre aqui) em ações fora-de-radar que estão performando muito bem.

Confesso que fui mais além um pouquinho e coloquei um certo capital (de risco) em duas empresas que vou chamar aqui de "mico-caps", rs.

O fato é que a alocação deu certo, muito certo diga-se de passagem, porém fui um pouco afoito e desaloquei o capital prematuramente.

A primeira alocação foi realizada na CTAX3. As compras foram realizadas em 7.09 e 6.77. Fechei metade da posição em 9.5 e estou segurando o resto. O papel agora está cotado na casa dos 15 reais.


A segunda alocação foi realizada na BOBR4 (pra quem não conhece é a famosa Bombril). A alocação foi realizada em 1.51 e fechada totalmente em 1.81. O papel chegou a estar cotado hoje em 5,16 reais, isto mesmo, subiu quase 200% depois que eu vendi. Isto é ou não uma mico-cap?! rs. Já estou fora e nem quero olhar mais para este papel, não só porque matei uma excelente operação antes da hora, mas também porque não é muito saudável ficar olhando para gráficos deste tipo, rs.

20 comentários:

  1. Sacanagem esse grafico da Bombril hein!!! Esperaram você vender pra fazer alguma mutreta pro ativo subir tanto assim....isso que dá nao ter um insider hehehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei interessante pq acertei na análise, só errei no target, estipulei 30 centavos mas subiu 3 reais, coisa de 1 zero a mais, rs

      Excluir
  2. O importante é que você realizou ótimos lucros.
    Acredita que ainda estou lendo pra entrar nas ações Uó ?!?!?!?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entrei em 2008 e estou lendo até hj, antes tivesse lido mais antes de entrar, rs.

      Excluir
    2. Nem sabia que a Bombril tinha ações na Bovespa! rsrsrs... Vivendo e aprendendo.

      Excluir
    3. Tem cada coisa que vc nem imagina, rs

      Excluir
    4. tamo junto nas leituras, rs... mas na minha fase sem aportes, acho que vou começar pelos FIIs, que são menos voláteis

      Excluir
    5. Cara, estes FIIs estão cada dia mais caros, mas parece que vai ficar mais, rs.

      Excluir
  3. Eu entrei em 2002 e confesso que não aprendi ate hoje,rs,mas alem de analise bem feita tudo vai depender do Time.
    O senhor Tempo manda em tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo que sei é que nada sei... rs
      Um filósofo já disse: se vc não tem dúvidas, mal informado está, rs.

      Excluir
  4. Grande Uó,

    Mas isto são gráficos de ações ou opções hehe???

    Você fica instigando com estas informações, fico com aquela vontade de comprar umas ‘mico-caps’ pra ver se dá em alguma coisa ... Mas não posso desviar do caminho Aporte + Tempo + Valor (- Trades) rsrs.

    Abraço meu caro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estas mico-caps, pode considerá-las praticamente opções mesmo, compre esperando um explosão ou então virar pó, rs. Uma das duas vai ocorrer.

      Excluir
  5. DoUo, blz?
    Acho q vc disse em um comentário em post anterior q se subisse uns 40% em um curto período de tempo vc vendia. E aí nesse caso, vc faz Oq com o capital + lucro da venda? Realoca na própria carteira de RV, ou manda pra RF? Ou não faz nada e espera algum momento para fazer novas compras com esse valor?
    Abraco!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa,

      Então, depende, qd faço uma venda, se encontro uma oportunidade no mesmo dia, já aloco nela. Caso contrário fica lá parado na conta da corretora.

      Sobre dinheiro novo, todo início de mês eu contabilizo o que sobrou do salário do mês anterior (quando sobra, rs) Se tem dinheiro parado na corretora eu não faço transferência, fica lá na poupança mesmo, e se durante o mês eu alocar tudo que tiver na conta da corretora aí eu faço a transferência do banco para a corretora. Se começar acumular dinheiro demais na poupança (muito tempo que isto não ocorre, rs), por falta de oportunidades na RV, então devo procurar uma aplicação de renda fixa para fazer.

      No atual momento tenho conta em 4 corretoras, e em todas elas tenho uma quantidade parada de dinheiro nas contas. Mas vira e mexe aparece uma oportunidade de compra, e como o mercado tá subindo muito, tá aparecendo tb oportunidades de venda.

      Só um detalhe: eu faço aportes com valores mais ou menos fixos, em torno de 1.000 reais. Se uma compra subiu 40% indo para 1.400 por exemplo, então vou vender 1.000 reais para poder fazer um outro aporte em um outro papel, ou seja, os 400 reais de valorização vai continuar alocado no papel (não vendido).

      Excluir
  6. Fala D'Uó,
    Eu pensava que você vivia da bolsa hehe... Então vc tem papéis para longo prazo ou quando atinge determinado percentual você vende e passa para outro papel? Além disso, como vc separa os investimentos, x para longo prazo, x para micos, x para opções e para swing, daytrade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa,
      Viver de bolsa é uma ilusão...
      Sim, eu tenho papéis para longo prazo (a maioria) e de vez em qd faço umas operações de risco, não que isto vá aumentar minha rentabilidade, já concluí que faz pouca diferença, mas pelo sentido da adrenalina eu diria, rs.
      Abraço!

      Excluir
    2. Mas D'Uó,
      Sabe quem é o Zé (clube do pai rico) ele vive de bolsa, mas é trader rs... considera ele uma ilusão também hehe... Mas a pergunta foi só uma curiosidade, tenho certeza que existe gente vivendo da bolsa, mas eu por exemplo não sou um dele, tenho uma parte em longo prazo e outra pra trades tbm, mas ainda falta eu aprender opções e só depois entro nesse nicho hehe... Ah gostei muito do seu blog, parabéns! Abraços.

      Excluir
  7. Uo,

    O que aconteceu com a biblia de buffet de comprar valor? rsrs

    Belos trades!!! Eu não tenho estomago pra isso... desde que fui me meter a comprar varig ... larguei as drogas ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk, como disse no comment anterior, o foco continua sendo é B&H, mas fica um dinheiro parado na conta das corretora que de vez em qd dou umas beliscadas, rs

      Excluir
  8. BRASIL 2016:


    Na música brasileira temos a baixa-cultura corroborada pelo PT nesses 13 anos. O atual lixo cultural do Brasil petista.

    Em 2016:

    DILMA é um produto a ser consumido e comprado (mesmo que sem dinheiro). Um produto tal qual um "Danoninho©", produto esse industrial, com sedutoras fotografias de suculentos morangos externos (naturalmente que não física e materialmente internos!). Pegando na real o consumidor pela imagem mítica e não pela realidade interna.

    «Coração-Valente©» (até Lula sabe! Não sejamos bobos): tal qual a frase mítica do Danoninho© que "vale por um bifinho", também a pupila de Lula utiliza-se de um simulacro mítico que não reflete o "interior do pote"; a saber: a incapacidade dela de governabilidade, péssima articulação política (Maquiavel), horroroso projeto econômico de fiasco a pino, e ineficácia republicana, fraude. ¿O que adianta, então, afinal, o mito publicitário engana-trouxa de «Coração-Valente©»? Adianta nada!

    E, complexando um pouco [não precisava...; mas vai aí], que discursa assim: «(...) não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder.». Esse é o ver-da-dei-ro Coração-Valente© dos anos 60... Ponto final.

    Eis aí a utilização de clichês publicitários míticos para pegar o eleitor pelas VÍSCERAS: acertados, mas, verdadeiramente, engana-trouxa... A minoria escapa da artimanha, da burla e da ilusão petista.

    Verdadeiramente, a VIGARICE & picaretagem é a POPULARIDADE DE MITOS como a MITOLOGIA do «Coração Valente©,»… Um produto a ser vendido e comprado pelo eleitor, devido apenas ao vazio do mito.

    E, também, por outro lado, o problema é a SUAVE & disfarçada truculência do PeTê… Repare:
    É evidente que o Petismo se utiliza de técnicas das mais brilhantes de publicidade; brilhantes, mas embusteiras.

    ¡Jamais 1 Danoninho© vale por um bifinho!

    P.S.:
    ¿Como identificar um petista? Simples! Pela escrita. É singelo e sem enfeites. Veja:

    Amam o FHC (de maneira enrustida), a toda hora estão a falar no velho...

    E, mais singelo, amam o PSDB à distância -- não chegam perto, a longos 13 anos, falam sem parar no partidinho com rigor acadêmico, análise e tudo... São loucos inconscientes para ter como 2ª mulher ou amante o PSDB... Amor enrustido.


    [Obs.:
    Na música brasileira temos a baixa-cultura corroborada pelo PT nesses 13 anos. O atual lixo cultural do Brasil petista. A breguice, cafonice, baranguice e o kitsch do Petismo].

    = FIM =

    ResponderExcluir