sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Maiores Pagadoras de Dividendos de 2017 e Promessas para 2018


Segundo analistas de mercado, 2018 tem uma ótima perspectiva de lucro para quem investe em ações de empresas que costumam remunerar bem seus acionistas. As empresas pagadoras de dividendos devem ter um aumento de 15% no pagamento de dividendos em relação a 2017. A razão para isso é que, na segunda metade de 2017, houve uma melhora nos resultados das empresas, consequência da redução da taxa de juros, da recuperação (ainda que tímida) da economia e do aumento de algumas commodities importantes, como o minério de ferro.

A projeção leva em conta o crescimento de 40% dos dividendos em 2017 (que devem ser pagos até o mês de março), depois de uma queda forte em 2015, que foi de 20%, e de uma também em 2016, de 2%. Porém, ter tido bom desempenho não significa, necessariamente, que as empresas vão reverter esse lucro para os acionistas. Essa decisão vai ser pautada na necessidade de reinvestimento de lucro em novos projetos da empresa. Portanto, não existe uma linearidade na relação lucro e dividendo. Para as empresas em expansão, a regra tende a ser investir mais nelas mesmas e não em distribuição de dividendos. De qualquer forma listamos as empresas que mais pagaram dividendos em 2017 e as ações mais promissoras para 2018. O artigo se encontra no site Web Informado (link na figura abaixo).

maiores pagadoras de dividendos 2017 2018

11 comentários:

  1. post para ganhar atenção e ad sense
    VERGONHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente tenho q concordar :(

      Excluir
    2. Leram o post no meu outro site? Acharam ruim? Só postei a chamada aqui porque quase ninguém acessa o outro site. Fiquei uma tarde inteira colhendo proventos para montar a planilha informativa. Mas enfim, não dá para agradar o tempo todo.

      Excluir
    3. Infelizmente tenho que concordar :( [2].
      Criou dois sites pra colocar conteúdo repetido e ganhar mais com Adsense...
      Mas ainda prefiro o capitalismo ao socialismo que iria proibir essa atitude.

      Excluir
    4. Caraca, vcs estão muito chatos. Só fiz a chamada do post aqui. Este post é de fevereiro do ano passado e atualizei nesta semana com dados novos. Como ninguém daqui acompanha o outro site então fiz a chamada. Não é conteúdo repetido é uma simples chamada. Este blog não gera receita AdSense, me dá míseros 3 dólares por mês enquanto os outros dão mais de 1000. Mas enfim, não vou mais fazer este tipo de chamada, fiquem sem o conteúdo dos outros sites e sejam felizes.

      Excluir
  2. Uo se vendendo as estratégias dos empreendedores de palco, isso me irrita.

    ResponderExcluir
  3. As boas empresas do setor da energia elétrica, bancos e seguradores, costumam aparecer todos os anos como bons pagadores de dividendos pois não precisam de grandes investimentos.

    Interessante ver que as primeiras empresas na lista do ano passado é devido a efeitos não recorrentes e tal DY não se vão verificar no futuro.

    Abraço e bons investimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente DIL, tem que se tomar muito cuidado com esta análise de dividend yield passado, é preciso entender o que gerou a distribuição, pode ser um não recorrente como você mesmo verificou.

      Abraço!

      Excluir
  4. Na sua opinião Uó, compensa investir olhando rentabilidade passada? Pergunto pois estou em fase de eleição de ações para compor a minha carteira e estou pensando em começar com empresas direcionadas a energia elétrica - pensando em Energiza ou Copel.

    Obrigado, abraços

    ResponderExcluir
  5. Olá Sirigueijo.

    Os lucros, o ROE, as margens, enfim, o desepenho passado das empresas é o primeiro filtro a ser realizado. Porém tem aquela máximo: passado não garante futuro, então a grande questão é aliaros bons múltiplos atuais da companhia com suas perspectivas futuras. Ai que tá o X da questão, como ninguém tem bola de cristal, acabamos caindo no "achismo". Há pessoas profissionais que são boas nisto, mas exige experiência de mercado. Analisar múltiplos no site Fundamentus é melzinho com chupeta, mas determinar que uma empresa vai continuar bem e crescendo é para poucos.

    Abraço!

    ResponderExcluir