domingo, 21 de outubro de 2018

Por Que o Voto em Bolsonaro?

Olá leitor,
Pode contribuir com esta pesquisa?
Grato!

19 comentários:

  1. Ouvi de alguém uma teoria que me pareceu muito boa, Uó...

    Explicar o fenômeno eleitoral brasileiro mais parece queda de avião: uma soma de fatores que, sozinhos, não mudariam tudo isso que está aí, mas somadas mudaram o Brasil (quase) inteiro.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Porque eu quero ver até onde o sistema é f#d@ e realmente destrói o país, pela primeira vez teremos alguém “de fora” comandando o país e o sistema fará de tudo para destrui-lo.... mais importante dq ele conseguirá fazer pelo país vai ser poder observar as forças ocultas saírem das sombras, então veremos a verdadeira cara do inimigo desse país.

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro IF365,

      a última vez que tivemos um presidente "de fora" oriundo de um partido não muito afeito ao diálogo foi com Collor, que deu no que deu.

      Aliás, não sei de onde tiraram que Bolsonaro é "de fora". Ele é mais "de dentro" do que todos os outros candidatos. São 27 anos na Câmara, sem nunca ter tido nenhuma participação efetiva, ou cargos de liderança nas comissões.

      Ele não dialoga; ele não sabe agir sob adversidade; ele idolatra torturadores; ele estimula crianças a usar armas de fogo; ele tem orgulho de ser homofóbico; ele vai dar o ministério do meio ambiente a ruralistas.

      É ele que está fazendo "as forças ocultas saírem das sombras". Basta ver como ele insufla a intolerância e a violência. Ele é "a verdadeira cara do inimigo desse país".

      Excluir
  3. É interessante ver a quebra da narrativa da grande mídia, dos artistas de esquerda, do estabilishment político, do poder das mídias sociais e a percepção do brasileiro médio sobre o que acontece em política.

    Eu penso como investidor individual que o melhor para o país e para o meu patrimônio é que Jair Bolsonaro vença a eleição domingo.

    Para citar um exemplo concreto: um empresário relevante na minha cidade disse que se o Bolsonaro ganhar a eleição, a sua empresa irá investir para gerar 600 novos empregos. Isto significa que as empresas de consumo interno poderão ter um ROE acima da média nos próximos anos e isto não está no valuation atual.

    É Bolsonaro 17 no domingo que vem 1️⃣7️⃣✅👉👉

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, como investidor individual, talvez me beneficie com a eleição de Bolsonaro. Mas Fulana, que também é investidora individual, mas é mulher, lésbica e mestiça, está sofrendo frequentes ataques de pânico por causa de vários indicativos da turma de Bolsonaro de que a causa LGBT será desprezada. Ela teme pela própria vida; ela não pode andar de mãos dadas com a pessoa que ela ama, sem medo de ser atacada por algum seguidor fanático do homofóbico Bolsonaro, que já falou que "tem orgulho de ser homofóbico".

      Essa Fulana é minha irmã.

      A vida é muito mais do que o rendimento do nosso portfólio.

      Excluir
    2. nao viaja..nunca houve tal perseguição..vc cria fatos ,narrativas oriundas da cabeça de um adolescente da usp

      Excluir
  4. Na empresa onde trabalho há diversos projetos parados esperando o Bolsonaro ganhar a eleição. Como o Aportador citou, há um grande valor que não está sendo percebido, que serão as empresas tirando os seus projetos da gaveta. Conheço diversos empresários que estão esperando a eleição pra investir e isso vai dar um boom na economia. Na urna votarei 17.

    ResponderExcluir
  5. Resgate de valores e apontando para uma economia liberal.

    Acredito que no dia 29 já teremos um ponto da virada .A definição do cenário por si só ira fazer o mercado se movimentar , num duvido noticias como "PIB e geração de emprego surpreende analistas"
    "Aumento da inflação força BC subir o juros" .

    ResponderExcluir
  6. Simples. É um voto anti-pt e anti new left.

    O PT é um partido corrupto com propostas que levam a um socialismo latrino americano, em que apenas os amigos do partidão se dão bem, o resto vira uma classe pobre; o esfacelamento da classe média e seus valores é uma obrigatoriedade do modelo petista.

    Isso unifica o modelo de esquerda latrino americana com o globalismo ao pior estilo Onu, Frankfurt, etc... a destruição absoluta do valores civilizatórios, religiosos, humanizantes, com o viés de construir uma sociedade amordaçada ao melhor estilo Admirável Mundo Novo.

    Para as gerações novas que viriam já vítimas da lavagem cerebral seria mais palatável viver em uma mordaça de "valores" destruidores da personalidade humana, mas para nós ou ao menos eu, com uns 30 e poucos não dá para ser atropelado assim em meus valores. Economia é o de menos na questão do meu voto.

    Destruir o PT e seus satélites é fundamental para poder respirar e não viver acuado. O Bolsonaro não é o melhor que existe, mas é o melhor que temos.

    ResponderExcluir
  7. Recomendo que leiam a opinião do jornalista Milton Saldanha.
    "Anti-petismo é infantilidade política. Ou esperteza.
    Para começar, tenho em meu arquivo uma coleção de artigos que escrevi criticando o PT e Lula. E não acredito na inocência deste último, que conheço desde os tempos do sindicalismo no ABC, quando lá exerci durante sete anos o jornalismo.
    Acompanho a política brasileira desde garoto, começando em 1954, sob o impacto do suicídio de Vargas. Leio e estudo muito desde então, com a humildade de reconhecer minhas carências culturais. Não será um garoto mal formado numa faculdade que vende diplomas que me dará aulas de política. Para isso busco os livros que valem a pena.
    Apostar no fascismo bolsonarista, que se apresenta com as mais primitivas propostas, tipo armar a população, é no mínimo uma regressão mental. Mais ainda quando baseada num anti-petismo sem reflexão.
    Ora, o PT roubou e deixou roubar, isso foi parte do acordo com a direita, e que caracterizou o período Lula. Bolsonaro estava lá: foi durante 12 anos de um partido que integrava a base aliada do governo. Esqueceram ou não sabiam?
    Quando, em que dia e hora, o “honesto” apontou alguma irregularidade? Ou contra Cabral, do PMDB, que saqueava o Rio de Janeiro?
    Ele não estava preocupado com isso. Cuidava de ajeitar os filhos na política, educando-os para a truculência, e tratando dos negócios da família no Vale do Ribeira, onde hoje tem mais de 40 empresas, como apontou a revista Época, do grupo Globo, que ninguém ousará chamar de comunista. Como alguém consegue isso só somando proventos de capitão da reserva com ganhos parlamentares? A conta não fecha.
    Antes da fundação do PT, em 1980, tanto a elite da direita, como os chamados governos populares, há um século já roubavam descaradamente os cofres públicos. Mas sempre empunhando o discurso moralista em vésperas de eleições. Nada disso é novidade. Jânio e Collor usaram a tática com êxito. Nenhum terminou o mandato.
    Portanto, nada disso nasceu com o PT, começa com Cabral, quando aqui aportou subornando os índios com espelhinhos.
    Em 1963, há 55 anos, o presidente João Goulart colocou o íntegro general Osvino Ferreira Alves na presidência da Petrobrás com a missão de coibir a corrupção. O problema não começou ontem, com FHC ou Lula, e nunca foi a estatal e sua função estratégica, e sim a má gestão.
    E quem acha que na ditadura não se roubava merece um pirulito e um chocalho de presente, além do troféu ingenuidade.
    Apontem um único partido, na História desta República, que não tenha se lambuzado em todo tipo de falcatrua, a começar pelo emprego de parentes como funcionários fantasmas.
    Aécio Neves tinha 18 anos, passava as tardes jogando vôlei em Ipanema, no Rio, mas já estava na folha de pagamento do Congresso, como assessor parlamentar do avô. Certamente com sua mesa de trabalho nas areias da praia. É o mesmo Aécio que deixou viúvas traídas, hoje bolsonaristas. Mas que nada aprenderam.
    Não santifico nem esconjuro o PT. Não foi o único a errar. Mas desconhecer o que fez de bom no plano social seria leviandade.
    Como é falta de caráter dos empresários que ganharam muito dinheiro com renúncias fiscais nos governos Lula e Dilma e hoje criticam com a maior cara de pau. Por que não criticavam quando estavam se dando bem?
    Quero, com tudo isso, apenas dizer que o PT sempre foi um partido como outro qualquer. Não é o demônio encarnado, e que uma vez debelado transforma o Brasil num paraíso só de vestais.
    É o que temos na política brasileira, infelizmente. Em nada diferente do PMDB, PSDB, PP (onde estava Bolsonaro, dividindo o banco com Cunha e Maluf). A propósito, este mesmo PP campeão de inquéritos na Lava Jato. Bolsonaro só não entrou na lista, como ele mesmo disse na Globo News, porque era do baixo clero, ao qual ninguém dava a mínima atenção, nem mesmo para subornar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara na boa, matéria chinela de jornalista esquerdalha tentando nivelar o Bolsonaro com outros membros do centrão como Maluf, Cunha, e esses PMDB todos, fisiológicos.

      O Bolsonaro não tem nada a ver com eles, não porque seja um santo, foda-se ele. Mas o Bolsonaro está representando no momento um movimento inovador cultural na realidade brasileira, uma ruptura de paradigma contra a cultura imposta desde os anos 60 pela mídia.

      E não, ele não fez parte de corrupção e pronto, dificilmente um militar patriota pensaria da mesma maneira que a ralé do centrão e esquerda caviar.

      Excluir
    2. Pode por guerrilheiro narcotraficante no poder, mas militar não! Esse pessoal é uma piada, nem vale a pena argumentar com eles, nivel intelectual muito baixo, massa de manobra.

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Parar de pagar R$ 5,00 na gasolina e ver o dinheiro do seu imposto sendo investido em outros países... Para falar o mínimo.

    ResponderExcluir
  10. A unificação do Ministério da Agricultura e do Meio Ambiente em 1 significa deixar nas mãos do agronegócio toda a gestão ambiental, ou seja, acabar com tudo o que foi conquistado em relação a proteção ambiental. Ele pretende sair de acordos internacionais relacionados ao assunto.
    Presidente e vice militares - uma segunda Venezuela? Há 1 grande temor na volta da ditadura.
    O pt afundou o país, mas quem disse que esse bolso naro não vai piorar a situação?
    Não gosto do pt, mas esse outro candidato parece muito radical, mas não no bom sentido.
    O Estado deve promover segurança e não armar as pessoas. Deve ser menor, com menos impostos, menos políticos e muito menos privilégios à eles.
    Um candidato que só faz lives, nem participa de debates. Parece muito conveniente assim.

    Não deve ser por acaso essa notícia:
    Economistas, incluindo vencedor de Nobel, assinam manifesto pró-Haddad
    https://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/7711893/economistas-incluindo-vencedor-de-nobel-assinam-manifesto-pro-haddad

    ResponderExcluir
  11. Facil...
    Primeiro para tirar a incompetente esquerda do poder;
    Segundo para resgatar valores conservadores que são pilares da família, e esta é unidade básica de uma sociedade;
    Terceiro porque o apontamento de liberalismo, simpatia ao capital e negação de países atrasados como Bolivia/Cuba/Irã/Venezuela só nos fará bem;
    Quarto porque PT/PSOL/PSTU/PCO/PC do B não dá né?!

    ResponderExcluir
  12. Eu vou aproveitar a euforia com a sua vitoria pra ficar liquido esperando o mercado se dar conta do despreparado e incompetente que vai governar o pais pelos próximos 4 anos. Esse foi o melhor mês nos últimos 5 anos para meus investimentos e não consigo enxergar Bolsonaro entregando nada que possa atender as necessidades do país. Sem falar que se ele começar a colocar em pratica suas ideias autoritárias e de perseguição ideológica estaremos em rota certa de seguir o caminho de países africanos que viveram ditaduras por décadas. Bolsonaro é certamente o caminho mais incerto desta eleição e o mercado (que gosta de previsibilidade) esta completamento cego aos seus riscos.

    ResponderExcluir
  13. Voto no bolsomito por que é uma oportunidade de mais liberdade para saírmos da pindaíba. Para mim, salvador mesmo é Jesus. Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Apesar de tudo que criticam referente a ele, tem bons princípios cristãos, tem pessoas de referência para administrar os ministérios, tem pulso firme contra a violência e contra a corrupção.

    Vários motivos, Esses foram os que me vieram a mente.

    Aliás, gostei muito de vê-lo sempre citando Deus em todos os momentos, e no discurso de Vitória começou fazendo uma oração e sempre citando a Bíblia.

    Abração uÓ, fica com Deus.

    ResponderExcluir