quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Que Tiro Foi Esse (2)?!


O respiro lá fora durou pouco. Depois do flash-crash da última segunda, as bolsas americanas disparam novo tiro (para baixo)...


O IBOV, no período da tarde, foi junto e mergulhou mais de 2.000 pontos. Amanhã é o último pregão antes do carnaval. Semana que vem o mercado americano funciona normalmente, se o sell off continuar lá fora teremos uma quarta-feira de cinzas bem cinzenta. Amanhã, se as projeções negativas se confirmarem, irei zerar minha venda no índice. Pensando assim, até que esta queda não foi de todo ruim. Boa folia a todos, fiquem com a música que vai embalar o carnaval 2018, rs...

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Fechamento Mensal Janeiro 2018


Em janeiro de 2018, a renda variável reinou absoluta no ranking dos melhores investimentos. Com a SELIC em 7% ao ano - a menor taxa de juros desde 1986 - o mercado de ações continuou no topo do ranking. Segundo levantamento da Exame, os fundos de ações indexados, que têm como objetivo seguir as variações de indicadores de referência, entre eles o Ibovespa, tiveram o melhor desempenho, com alta de 9,17% no mês.

Os fundos de ações de empresas que pagam bons dividendos ficaram em segundo lugar no ranking, com valorização de 7,35%. Sucessivos cortes na taxa básica de juros já vinham deixando os fundos que investem em ações mais atrativos nos últimos meses. Mas em janeiro, a condenação em segunda instância do ex-presidente Lula foi a notícia que o mercado esperava para adicionar risco aos portfólios.

Na outra ponta, os fundos cambiais ficaram na última posição do ranking com desvalorizaram 3,51% em janeiro, acompanhando a queda de 4,05% do dólar. Tesouro SELIC 2023, Fundos de Renda Fixa Simples e Poupança tiveram rentabilidades próximas (0,39%). Veja a tabela completa compilada pelo portal Exame:

Investimento Rentabilidade
Fundos de Ações Indexados 9,17%
Fundo de Ações Dividendos 7,35%
Fundos de Ações Livre 5,96%
Fundos de Ações Investimento no Exterior 5,96%
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 (NTN-B) 5,70%
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTN-B) 4,68%
Tesouro IPCA+ 2035 (NTN-B Principal) 4,01%
Fundos de Ações Small Caps 3,61%
Fundos Multimercados Livre 1,57%
Fundos Renda Fixa Indexados 1,35%
Tesouro Prefixado 2021 (LTN) 1,19%
Ouro BM&F 1,18%
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2021 (NTN-F) 1,08%
Fundos Multimercados Investimento no Exterior 0,94%
Tesouro IPCA+ 2019 (NTN-B Principal) 0,67%
Fundos de Renda Fixa Investimento no Exterior 0,64%
Tesouro Prefixado 2019 (LTN) 0,53%
Tesouro Selic 2021 (LFT) 0,46%
Poupança 0,39%
Fundos Renda Fixa Simples 0,39%
Tesouro Selic 2023 (LFT) 0,38%
Fundos Cambiais -3,51%

 

Rentabilidades 


A rentabilidade geral dos meus investimentos em janeiro de 2018 foi de 1,47%. Esta rentabilidade engloba todo o meu patrimônio financeiro, incluindo investimentos em corretoras, dinheiro de poupança para gastos imediatos bem como os resultados de day-trade e hedge de carteira. No histórico iniciado em janeiro de 2013, a rentabilidade geral está em 40,78%.

 
Enquanto o IBOV teve alta de 11,14% em janeiro, minha carteira de ações subiu 5,68%.


Enquanto o IFIX teve alta de 2,64% em janeiro, minha carteira de FIIs subiu 2,77%.

Proventos 


Neste mês de janeiro, o dividend yield das ações foi de 0,09% e dos FIIs foi de 0,91%. O dividend yield geral foi de 0,45%. A dy médio das ações está em 0,30% e dos FIIs em 0,96%. O dy médio geral está em 0,64%. Abaixo é apresentado o gráfico histórico de proventos.

 

Alocação de Ativos 


O percentual alocado na renda fixa aumentou para 8,7%. A alocação em ações está em 49,1% e a alocação em FIIs está em 42,2%.


 O gráfico abaixo apresenta a evolução da alocação de ativos.

 

Day-Trade 


Neste mês de janeiro, realizei 14 operações day-trade com mini-índice participando de 10 pregões. Operei 1 mini-contrato em cada operação tendo obtido resultado positivo em 11 operações. O total bruto alcançado foi de 677 reais como mostra a planilha de registro de operações abaixo.


Abaixo o gráfico de acumulação histórica.


 

Hedge 


O destaque negativo do mês foi um hedge com venda de mini-índice que abri antes do julgamento de Lula. Graças a ele deixei 9.000 reais na mesa e perdi grande parte das altas dos dias 24 e 26. Ficou o aprendizado de que o mercado nem sempre precifica antes os eventos dados como certos. Estou desfazendo aos poucos este hedge na medida que o índice cai. No momento estou ainda vendido em 9 mini-contratos.

Estatísticas dos Sites 


O destaque positivo do mês foi o crescimento dos sites quando comparados com o mesmo período de 2017. O Abacus Liquid registrou 335.968 visualizações de página em janeiro de 2018 contra 87.546 visualizações de página em janeiro de 2017, o que representa um aumento no tráfego de 283,76%.


O Web Informado não ficou para trás e registrou 168.566 visualizações de página em janeiro de 2018 contra 62.544 visualizações de página em janeiro de 2017, o que representa um aumento no tráfego de 169,52%.


A conclusão deste fechamento é que, enquanto investidor, sou um bom blogueiro e, enquanto blogueiro, sou um investidor mediano. rs.

Quando comecei este blog, lá nos idos de 2013, meu objetivo era participar do já finado ranking de investidores do blog General Investidor. Naquela ocasião, estava montando um plano de investimentos ambicioso e tinha convicção que ocuparia as primeiras posições daquele ranking de rentabilidades. Porém o tempo passou e me tornei um blogueiro conhecido na comunidade mas a rentabilidade dos meus investimentos continua mediana. Simplesmente não consigo gerar alfa nas minhas carteiras de investimento.

Fico feliz de estar conseguindo bons resultados nos meus sites - algo que nem objetivava no início - mas por outro lado fico frustrado de não ter atingido meu objetivo inicial nos investimentos. Estratégias de hedge podem até funcionar, como no dia da delação da JBS quando ganhei 2.000 reais em um compra de dólar que tinha feito na véspera, mas se você fizer uma avaliação errada, como a minha no caso do episódio do julgamento do Lula, vai deixar dinheiro na mesa. De qualquer forma fica o aprendizado, e assim vamos evoluindo.

sábado, 20 de janeiro de 2018

Ranking dos Blogs de Finanças 2018


A primeira edição do ranking dos blogs de finanças de 2018 trás algumas novidades nas 10 primeiras posições. O blog Viagem Lenta subiu 8 posições e agora ocupa a posição 4. O blog Viver de Construção subiu 3 posições e agora ocupa a posição 7. Por outro lado, os blogs Viver de Dividendos, Pobre Poupador e Viver de Renda perderam posições. Já meus blogs mantiveram as mesmas posições em relação ao ranking do ano passado. Os colegas Investidor de Risco, Buscando Primeiro Milhão e Senhor Bufunfa também conquistaram importantes posições no ranking. Contudo os colegas que mais ganharam posições foram o Investidor Troll e o Geração 65.



Neste ranking contemplei apenas os participantes da comunidade Finansfera. O ranking dos outros blogs de investimento que não fazem parte desta rede você pode conferir aqui.

domingo, 14 de janeiro de 2018

Aos Meus Leitores Covardes...


O título é forte, talvez devesse medir as palavras para não magoar as pessoas, mas a covardia é algo que precisa ser combatida, principalmente aquela que se faz por trás do anonimato da internet.

covarde

Algo quase estragou o meu fim de semana. Mas quem se propõe a ser blogueiro precisa lidar de forma ponderada e sensata com certos feed-backs negativos. Críticas são sempre bem vindas, aliás, são as críticas que melhoram as pessoas que as recebem, mas há dois tipos de críticas: as construtivas e as destrutivas. As construtivas são aquelas capazes de mudar as pessoas e o mundo. Já as destrutivas, além de não promoverem nenhuma mudança para melhor, são capazes de destruir. No meu último post recebi os seguintes comentários:

pessoas covardes

Leia você, para mim são críticas destrutivas, não vi positividade nestes comentários. E o que me deixa mais chateado: todos comentários anônimos. Aqui vejo a covardia das pessoas que fazem comentários jocosos, mentirosos, destrutivos e não são capazes sequer de assinar. Se escondem atrás das paredes do anonimato pois não tem coragem suficiente para dizer quem são quando estão atacando.

Contudo, sempre procuro ver a parte cheia do copo e não só a vazia. Sou observador do comportamernto humano, principalmente nas redes sociais que é o meio onde estou mais presente. E desta forma tenho plena ciência que provoquei certo descontentamento nestes leitores. Imagino que tenha ocorrido uma interpretação errada por parte deles, mas nada que justificasse tamanha agressividade. Principalmente direcionada a mim.

Não quero me vitimizar neste post, é só um texto de esclarecimento, mas não vejo como justo tais agressões já que sou um dos principais agregadores desta comunidade de blogueiros, e com frequência estou divulgando artigos dos colegas nas minhas fã-pages e grupos de Facebook, Twitter e também nos meus três sites.

Ao anônimo que diz se tratar de um post para ganhar atenção e faturar com Ad Sense, sinto informar que este blog aqui não gera receita, os outros sim mas este não, então qualquer coisa que posto aqui não é para gerar receita. Outra coisa, ganho atenção de outras formas, mais eficientes e justas, ganho atenção gerando conteúdo de qualidade.

Ao anônimo que disse que criei dois sites para faturar com conteúdo repetido e faturar mais com Ad Sense, sinto informar que não houve repetição de conteúdo, pelo contrário, o conteúdo está todo no outro site, o que coloquei aqui foi apenas dois parágrafos que serviram de chamada para o conteúdo principal. Me pergunto, que mal há em divulgar um conteúdo que é meu mesmo? Aliás, só o fiz pois imaginei que agregaria conhecimento para alguns leitores, como de fato ocorreu:

covardia

Ao leitor que disse "que BOSTA". Veja acima um exemplo de comentário polido e respeitoso da colega blogueira Rosana. Não precisa concordar ou gostar com o conteúdo do site, mas dizer palavras de baixo calão irá acrescentar o quê? Por que agir de forma tão agressiva e desrespeitosa com pessoas desta forma?

Finalmente, ao colega que disse que estou vendendo estratégias de empreendedores de palco, sinto dizer que minha estratégia é muito simples, mais uma vez: entregar conteúdo de qualidade. E é com esta estratégia que faturo hoje 5 mil reais mensais com meus sites, mas talvez seja isto que vem incomodando as pessoas. Desde que passei a divulgar meus números de faturamento comecei a receber críticas negativas. Aqui no Brasil funciona assim, o sucesso alheio não é bem visto, o sucesso alheio não inspira, o sucesso só atrai mal-olhado. E é por isto que daqui em diante não publicarei mais meus resultados financeiros, acho que terei mais tranquilidade de vida.

Para esclarecer a questão e colocar um ponto final neste assunto, informo que em janeiro do ano passado realizei uma coleta de dados de dividendos, JSCP, bonificações, agrupamentos e desdobramentos de todas as quatrocentas e tantas ações listadas na bolsa. Foi uma coleta manual realizada no site Guiainvest. De posse desta planilha gerei dois posts, um relacionado às bonificações de ações e outro relacionado aos dividendos. O post de bonificação eu publiquei no site Abacus Liquid. Como é um artigo de qualidade e que agrega valor ao leitor o Google o posicionou como top-1 nas pesquisas como pode ser visto na figura abaixo:

bonificação de ações em 2018

Já o artigo de dividendos eu publiquei no site Web Informado. É também um bom artigo e o Google o posicionou em top-4 nas pesquisas como pode ser visto na figura abaixo:


Acontece que recentemente realizei nova coleta de dados das quatrocentas ações. Estou enfatizando o "quatrocentas" para entendenrem que é algo que custa tempo. Se for considerar o tempo de coleta mais o tempo de revisão dos post devo ter gastado umas 8 horas. Tem ideia de quanto valem 8 horas da minha vida? São 8 horas que gastei com vocês leitores. Isto tem um valor. Aí vem um camarada que sequer se identifica dizer que estou querendo faturar com Ad Sense gerando post repetido?! Quem paga meu esforço? E onde está a repetição?

Enfim, foi um episódio desagradável mas que me fez refletir. Para evitar estas confusões por parte dos leitores não irei mais fazer chamadas aqui no blog para os outros sites. Quem quiser que procure no Google, fatalmente irá se deparar com um artigo meu. Estou escrevendo de forma convencida mesmo, sou bom nisto pois me esforço, tento fazer o meu melhor, e acho que foi isto mesmo que desapontou estes leitores, ao se depararem com dois parágrafos ficaram sem entender onde eu queria chegar. Mas por favor, tomem cuidado com o que comentam, posso ficar mais puto e mandar metralhar todo mundo, rs.

Obs.: não irei revisar o post, trata-se de um texto escrito de uma tacada só, irão encontrar vários erros de português pois costumo errar muito quando escrevo, mas este assunto já me tomou tempo demais do meu fim de semana.

Abraço d'Uó!

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Maiores Pagadoras de Dividendos de 2017 e Promessas para 2018


Segundo analistas de mercado, 2018 tem uma ótima perspectiva de lucro para quem investe em ações de empresas que costumam remunerar bem seus acionistas. As empresas pagadoras de dividendos devem ter um aumento de 15% no pagamento de dividendos em relação a 2017. A razão para isso é que, na segunda metade de 2017, houve uma melhora nos resultados das empresas, consequência da redução da taxa de juros, da recuperação (ainda que tímida) da economia e do aumento de algumas commodities importantes, como o minério de ferro.

A projeção leva em conta o crescimento de 40% dos dividendos em 2017 (que devem ser pagos até o mês de março), depois de uma queda forte em 2015, que foi de 20%, e de uma também em 2016, de 2%. Porém, ter tido bom desempenho não significa, necessariamente, que as empresas vão reverter esse lucro para os acionistas. Essa decisão vai ser pautada na necessidade de reinvestimento de lucro em novos projetos da empresa. Portanto, não existe uma linearidade na relação lucro e dividendo. Para as empresas em expansão, a regra tende a ser investir mais nelas mesmas e não em distribuição de dividendos. De qualquer forma listamos as empresas que mais pagaram dividendos em 2017 e as ações mais promissoras para 2018. O artigo se encontra no site Web Informado (link na figura abaixo).

maiores pagadoras de dividendos 2017 2018