sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Não Existe Renda Passiva!

Fala galera da Finansfera!

Tudo bem com vocês?

Já tem bastante tempo que não posto algo útil aqui neste blog, e nem sei se o que postarei hoje será útil para alguém, mas andei pensativo nos últimos dias sobre esta tal de Independência Financeira que todo mundo por aqui está em busca.

Por coincidência me deparei com o post do grande colega André "Independência financeira passiva ou ativa? Qual se ajusta mais a você?" que por sua vez fez o post motivado pelo colega "Frugal Não existe independência financeira passiva".

Os assuntos que eles trataram vieram de encontro a algumas elucubrações minhas, à respeito de rendas. Afinal o que é renda? Claro que todo mundo tem uma noção do que se trata, mas não custa revisitarmos o conceito:

Renda, segundo a economia clássica, é a remuneração dos fatores de produção: salários (remuneração do fator trabalho), aluguéis (remuneração do fator imóvel), juros e lucros (remuneração do capital). 

Como podemos ver, renda nada mais é que a forma de remuneração por algo que se tem. Seja sua força de trabalho, seja uma propriedade, seja seu dinheiro alocado em algo.

Existe particularidades em cada tipo de renda. Por exemplo, quando você recebe um salário por sua força de trabalho na verdade você está recebendo uma renda que advém da venda do seu tempo. Isto mesmo, você está trocando tempo de vida por dinheiro. Por isto que existe a célebre frase "tempo é dinheiro".

Quando você recebe um aluguel por um imóvel, na verdade você está trocando um uso por dinheiro. Algo que a princípio deveria ser usado por você é então usado por outra  pessoa e você recebe uma renda por isto.

E quando você recebe juros por um investimento, na verdade você está sendo remunerado pela sua abdicação daquele capital. Quanto mais tempo você suporta não ter aquele capital em mãos maior será a remuneração que você recebe (a mágica dos juros compostos). A remuneração também poderá ser proporcional ao risco que você tem de não receber aquele capital de volta (relação risco x retorno).

Definições feitas, vamos voltar então ao tema do post. Existe então renda passiva? Existe uma forma de você ser remunerado por algo passivamente? Sim existe, mas só existe uma: a mesada que você recebeu do seus pais. Se você nunca recebeu mesada na vida, sinto dizer mas você nunca mais terá renda passiva na sua pobre vida.

Renda passiva então, é toda a remuneração que você recebe sem ter que fazer nada. OK, você então vai me dizer que acumulou 3 milhões de dólares e que seu dinheiro está todo aplicado em bonds americanos, REITs e ações das melhores empresas americanas e não precisa se preocupar com nada. Apenas dar uma olhadinha nos relatórios anuais e fazer um rebalanceamento ou outro.

Aí podemos entrar na discussão que o André pontuou no seu texto. Tipo, você tem um enorme prazer em ler relatórios financeiros e isto para você não é trabalho, é diversão. OK. Tudo bem. Você não está mais trabalhando, está se divertindo. Mas pera aí, como você conseguiu acumular 3 milhões de dólares?

A não ser que recebeu uma farta herança ou ganho em alguma loteria, este capital foi o resultado de anos e anos de trabalho. Ele nada mais é do que o resultado da sua força de trabalho e da sua abdicação pelo uso daquele recurso no momento em que recebeu. etc

Na minha forma de ver, visão esta que poderá ser tranquilamente refutada por você pois é algo que depende de ponto de vista próprio, você simplesmente pegou parte da remuneração pela venda do seu tempo e jogou para o futuro. No final das contas, quem gasta todo o salário hoje ou pega metade dele e aplica para gastar no futuro está na verdade gastando a mesma renda, ou seja, a renda ativa.

Em outras palavras, a renda continua sendo ativa de toda forma pois demanda tempo mantê-la saudável, mesmo que você ame fazer isto, como ela continua sento ativa pois você teve que vender grande parte do seu tempo de vida em função daquele acumulo de capital.

Mas onde quero chegar com este bla bla bla? Em lugar nenhum. Apenas farei uma pontuação: o importante é viver a vida com satisfação. O resto é resultado de bons hábitos e maus hábitos. Você não deve focar no fim e sim no meio, na trajetória. Tá, isto é mensagem motivacional de coach, mas é a mais pura verdade.

Vejamos o caso do nosso saudoso colega Viver de Construção. Ele tinha uma obstinação pelo primeiro milhão, por IF, etc. Infelizmente se foi muito jovem. Mas será que valeu a pena acumular o tal do milhão com tanta obstinação e não ter usufruído nada disto? Acredito que sim, pelo pouco que sei dele era uma pessoa que vivia bem a vida, inclusive teve o problema enquanto jogava futebol com amigos. Era casado com uma boa pessoa, tinha um bom carro, fazia boas viagens, etc.

Por outro lado, se ele estivesse se matando de trabalhar, sem convívio com as pessoas queridas, sem praticar esportes, etc, teria valido a pena acumular o primeiro milhão? Sei que você já tem a resposta, e sei também que você, mesmo sabendo a resposta, pode estar pecando em algum ponto da sua vida com maus hábitos. Quem nunca?

Resumo da história: preocupe-se menos com independência financeira e renda passiva. Se você está obstinado com isto é porque sua vida atual está muito fodida. Amigo, a vida é o que acontece agora, não é o que acontecerá nos 40 ou 50 anos. Tenha bons hábitos, simples assim. Sem excessos, sem exageros, equilíbrio sempre.

Claro, não vá deixar de focar nas suas rendas ativas de hoje, para dormir tranquilo tenha pelo menos uma renda extra. Minha vó já dizia que quem tem um não tem nenhum. Dormir todo dia com o fantasma da falta de renda no mês seguinte não faz bem pra ninguém. Eu estou dando meus pulos aqui. Além da minha renda principal que advém da minha empresa de T.I., tenho hoje uma renda extra que é 7x a renda média do brasileiro. Sim, não é algo que se atinge do dia da noite, tenho perseguido isto há uns 4 anos, mas com o tempo as coisas começam a dar certo. Na planilha abaixo você poderá ver a evolução...

Renda dos sites e das operações de swing e day trade com mini-contratos de índice e dólar.

Somando a renda da minha empresa, dos meus dividendos e aluguéis de FIIs com esta renda extra tenho então uma renda ativa que nunca pensei em ter na vida. E o que é mais legal, a cada dia que passa aumenta mais. Claro que tem muito trabalho envolvido, muito tempo desprendido, mas não posso reclamar de nada pois faço tudo dentro da minha casa e tenho o imenso prazer de poder almoçar com meu filho todo dia, levá-lo para escolinha, parar tudo para ir na apresentação da sua turma e outras coisas do cotidiano.

Neste momento, por exemplo, parei tudo para escrever este post. E escrevo este post sem camisa pois tá fazendo um calor infernal e não tenho ar condicionado. Mas você acha que isto me incomoda? Estaria mais incomodado se estivesse em um escritório com um ar condicionado gelado, com um monte de gente enfurnada nas suas baias em volta, e um chefe despreparado que não conhece nada de motivação, fazendo um serviço chato pra cacete só para poder receber meu salário no final do mês para acumular e chegar na minha independência financeira aos 40 anos e assim obter aquela maravilhosa renda passiva que de passiva não tem nada.

E a mensagem final? Mesmo que você conseguiu acumular seus 3 milhões de dólares, com muito suor e privações, se você não fizer mais nada de útil na vida tudo perderá sentido. O que move o ser humano é o medo. Se você não tem mais medo de nada então você morreu. Achar que a renda "passiva" te dará a felicidade plena de vida é um baita equívoco. Você ficará entediado e poderá até desenvolver uma depressão. Termino aqui e deixo este vídeo para você refletir...


32 comentários:

  1. Parabens pelo post UO, voce e um exemplo para blogosfera. Não tenho esse espirito de especulador que tem em você, mas esse de procurar rendas extras e não ficar parado no lugar com toda certeza eu tenho, ainda penso em abrir um blog e passar pro time dos blogueiros, ou talvez tentar um ad sense escrevendo algum texto todo mes, quem sabe? Parabens mais uma vez, te acompanho desde 2014 e vejo sua evolução ano a ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Marco!
      Obrigado por me acompanhar (e me aguentar) tanto tempo, rs
      Bom domingo!

      Excluir
  2. Discordo e ja recomendo o post do vagabundo de hoje. fazer nada é a melhor coisa

    ResponderExcluir
  3. Concordo com tudo que disse, menos com o que nos move é o medo. Uma pessoa com medo pode até ser motivada a trabalhar mais, porém ela sempre terá medo de se arriscar, e quem não se arrisca, perde as melhores oportunidades. O medo é útil em determinadas situações (um instinto de sobrevivência) mas ele turva nossa visão e reduz nossa capacidade intelectual. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Medo faz perder oportunidades? e dai? Melhor perder oportunidades do que perder dinheiro como o próprio Buffett diz.

      Excluir
    2. Já que citou Warren Buffet, aqui vai outra citação dele: “Be fearful when others are greedy. Be greedy when others are fearful.”

      Medo e ganância são duas emoções que sempre levam os investidores a tomarem péssimas decisões. Investir no que tem conhecimento, tomar riscos calculados e diversificação da carteira, são essenciais em investimentos. Um investidor que está morrendo de medo, esconde todo seu patrimônio debaixo do colchão ou faz péssimos investimentos, que no final das contas serão corroídos pela inflação e, por consequência, estará perdendo dinheiro.

      Excluir
    3. Fala Hank, talvez vc não teve tempo de ver o vídeo. O palestrante fala sobre o medo e outros sentimentos. Mas relendo agora vi que acabei não me expressando direito sobre esta questão do medo, vou fazer um post sobre esta questão mais pra frente. Abraço

      Excluir
  4. Muito interessante o seu modo de ver as coisas, vou levar comigo esse pensamento,

    as vezes eu fico olhando os canais de finanças e me decepciono pq não existe conteúdo, os caras atingiram o grande publico e se transformaram em uma maquina de clickbait e videos em que tratam o seu publico como verdadeiros macacos sem a minima capacidade de raciocínio.

    E ver que o verdadeiro aprendizado está nos blogs, onde poucas pessoas acessam é um pouco estranho, mas a humanidade é assim mesmo o grande publico é atraído para besteirois e só uma pequena parcela tem o conhecimento importante.

    viajei no comentário kkkk, mas é algo que eu já tava pensando a bastante tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu penultimo post é sobre isso.
      Subvertem a inteligência do brasileiro.
      Só consigo ver youtube de Eduardo Cavalcanti nas questoes de analises.

      Excluir
    2. Opa!
      Sempre tem alguém querendo vender algo não é mesmo? O bacana destes blogs amadores é que ninguém tá querendo vender nada, só passar uma ideia.

      Excluir
    3. A gente é purista, Uó. Faz blog mais para manter o hábito de poupar e ter uma certa obrigação moral para analisar a carteira.rs

      A propósito, grande post.

      Abraço!

      Excluir
    4. Riu quando tento assistir esses yuotubers defendo com afinco seus patrocinadores e vendendo uma vida maravilhosa.

      Excluir
  5. Grande Alexandre,
    Parabens pelo post e obrigado pela citação.

    Muito legal ver na prática que alguém ganha um dinheiro bom com adsense.
    Ganhei 100 dolares até hj kkkkk

    Você é um vencedor da internet amigo, orgulhe-se disso.
    Viver em paz, em casa, sem pegar trânsito, nem emprego fixo, deixar o filho na escola e poder ficar tranquilo é muita coisa boa.

    Abração e post mais aqui.
    Negócio de twitter é muito chato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Frugal!
      Sim, eu consegui algo que poucos conseguem, mas até que não é nada difícil, é apenas trabalhoso, artigos e mais artigos...
      Eu ainda não fico 100% em casa pois tenho os clientes da minha empresa de T.I., mas acredito que daqui uns anos vou poder ficar 100%. Quando eu conseguir uma renda de 3 mil dólares mensais com os sites e 3 mil dólares mensais com as operações de índice e dólar eu poderei parar de desenvolver sistemas para os clientes. Por enquanto prefiro encarar estas atividades como renda extra.
      Twitter tá legal, mas aquele negócio de Instagram eu achei realmente chato. rs
      Abraço!

      Excluir
  6. Meus parabéns... meu sonho poder ter um trablaho assim... qm sabe um dia? ganhando o msm ou até mais kkkk

    abraço!!

    Intendente Frugal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O dia é agora. Se deseja algo precisa começar neste momento.
      Abraço!

      Excluir
  7. Olá U.Ó sempre bom suas postagens. Meu pai com 70 anos faleceu e ainda tinha planos, queria comprar uma fazenda, infelizmente, não deu tempo. Tenho pensado muito nisso, infelizmente sou servidor público e meu salário não é dos maiores e preciso urgentemente de começar a viver mais a vida, Apesar que gosto de estudar sobre ações e fundos imobiliários tenho que começar a divertir mais e acredito que o que faz uma pessoa ser feliz não é só dinheiro. abraço.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia a todos. Caro Uó acompanho vcs desde muito tempo. Na verdade conheci a finansfera com seu artigo sobre Day Trade, pois estava procurando algo sobre este assunto. Dai acompanho até hoje. Através de vcs despertou o interesse de fazer parte deste movimento e gostaria de saber como faço para participar? O meu blog é este:https://williammachadocosta.com/ esta em construção mas já é possível visualizar.
    Como faço, tenho que me inscrever em algo?

    ResponderExcluir
  9. Excelentes reflexões Uó!

    Você tocou num ponto interessante: a renda vem sempre do trabalho e do tempo dispendido. Mesmo que eles não sejam utilizados agora, o foram no passado. Disso, nunca podemos nos livrar. Vendo a vida de forma completa, foi uma troca que você fez.

    E, perfeito: o lance de tudo é o equilíbrio!

    Obrigado pela citação! Abraço e boa semana!

    ResponderExcluir
  10. Grande D'UÓ

    Será que você poderia fazer uma série, ensinando a gente como realizar swing trade e day trade?

    Tem muita coisa na net, mas me parece que tudo que eles dizem são apenas para vender cursos.

    abraços

    ResponderExcluir
  11. O que move o ser humano realmente é o medo.

    Eu fiz uns cursos, mudei de área, faz 4 dias que to no trabalho novo.

    To me cagando de medo. Terreno novo, muita coisa pra aprender, muito medo de fazer cagada. Mas meu salário quase dobrou, saí da casa dos pais e assim vai indo...

    Quando eu chego e casa e começo a pensar em tudo o que conquistei vejo que vale a pena o cagaço.

    Não existe ganho sem trabalho e esforço!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  12. Post filosófico, cara. Mas faz sentido. A renda "passiva" nada mais é que um adiamento do uso da renda ativa. Parabéns pela renda online, vc é um cara diferenciado !

    ResponderExcluir
  13. Uó! Tem algum post sobre a estratégia que você usa no daytrade (futuros)?
    Poderia contar pra nós um pouco sobre esse mundo?

    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Post perfeito UÓ. Hoje tiro quase 3 dígitos por ano de renda que nada tem de passiva. Ralo para manter e administrar minhas casinhas.

    ResponderExcluir
  15. Sempre com estes posts que só causam discórdia. Dividendos não é renda passiva agora?

    ResponderExcluir
  16. Excelente post, mas entendo há de se distinguir o esforço (gasto de tempo) com o aproveitamento. Se você constrói uma máquina de dinheiro durante 20 anos e depois passa mais 40 anos só colhendo os frutos dela, acho que é uma posição bem passiva.
    A reflexão do post é excelente!

    ResponderExcluir
  17. Ótimo texto Uó!

    "Amigo, a vida é o que acontece agora, não é o que acontecerá nos 40 ou 50 anos."

    Eu precisava ler isso, obrigado! Às vezes fico preocupado por não estar conseguindo fazer aportes há alguns meses, e termino ficando ansioso, pensando muito no futuro, no quanto eu poderia estar ganhando agora se estivesse fazendo os aportes, e termino também não aproveitando o que eu tenho hoje, termino não vivendo.

    Obrigado mais uma vez pelo texto.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  18. Meu caro Uó

    No fundo a comunidade FIRE quer que o dinheiro trabalhe por nós. Uns vão chamar de renda passiva, outros de viver de renda, etc...não interessa o nome que se dê...no final das contas a imensa maioria da comunidade FIRE quer ter tempo para fazer outras coisas e deixar o Patrimonio fazer seu trabalho.

    abs e bons investimentos

    ResponderExcluir