segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Brasil: Presente para os Gringos

Hoje foi Black Monday para a Gringolândia. Um movimento de pânico eleva o Dólar em 3% e abaixa o IBOV em 6% (sem contar as quedas de dias anteriores). Está formada aí a janela que os gringos esperaram durante dias. 9% de lambuja em um único pregão. Não deu outra, foi só o mercado americano abrir que as compras foram iniciadas. Resultado: uma alta de quase 6% até as 14 horas da tarde. E nós aqui ficamos lambendo os beiços.

O canal 1 já foi invalidado, esqueçam...


Agora estamos entre o canal 2...


...e o canal 3...


No post anterior um anônimo perguntou quais são os meus targets de compra. Seguem os gráficos...























Bons investimentos!

sábado, 22 de agosto de 2015

Ponta de Areia - Quem Disse que Minas não tem Mar?!

 

Os governos de Minas e Bahia irão pesquisar seus arquivos informações que esclareçam a negociação que, em 1910, transferiu ao patrimônio mineiro um filete do território baiano, de 12 quilômetros de largura por 142 quilômetros de extensão. Trata-se do que seria o acesso de Minas ao mar, em trecho que vai da divisa entre os dois estados à cidade histórica de Caravelas, incluindo seus dois distritos: Ponta de Areia e Barra de Caravelas.

A informação se baseou em matéria publicada na revista O Cruzeiro, em 1973, pelo então repórter Fernando Brant (1946 – 2015), que viria a ser o principal parceiro de músicas de Milton Nascimento. Ele aproveitaria a viagem a trabalho para compor Ponta de Areia, música que trata da extinção da Ferrovia Bahia-Minas.


A curiosa história da abertura mineira para o Atlântico tem início justamente com a ferrovia. A Baiminas, a linha férrea que ligou Ponta de Areia (BA) a Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha. A maria-fumaça começou a apitar no trecho em 1881, na época do Império. Em 1966, o governo militar decidiram desativá-la, pois acreditou que o asfalto garantiria à região progresso melhor do que o conduzido pelos trilhos.

No fim do século 19, a empresa hipotecou as terras ao Banco de Crédito Real do Brasil. Em 1908, já proclamada a República, o banco executou a dívida. Em 1910, porém, a instituição enfrentou dificuldades financeiras e o governo de Minas adquiriu as terras, em escritura de cessão de crédito e transferência de direito.

Na década de 1940, o estado enviou ofício ao governo da Bahia, reivindicando a posse das terras. O governo vizinho não se manifestou sobre o assunto. A atual administração baiana informou que vai consultar os documentos para emitir um parecer. Da mesma forma, o governo de Minas.

Testemunho de Brant

“É o fim da nostalgia do mar. Minas Gerais já tem o seu, de direito, desde 1910. O Cruzeiro descobre e mostra documentos e fatos que comprovam: Minas é um estado marítimo. A história começa no segundo Império e se arrasta até hoje (1973), encoberta por inexplicável silêncio. Não se trata do Contestado, motivo de tanta briga, em passado recente, entre mineiros e capixabas. Uma briga inútil, pois, desde 1910, trezentos contos de réis tornaram Minas Gerais proprietário, de direito, de um trecho no extremo Sul da Bahia, que vai dar em Caravelas, Ponta de Areia e Barra de Caravelas. Por mistério da política, o assunto nunca foi devidamente levantado.

As terras marginais da estrada de ferro Bahia-Minas, com extensão de 142 quilômetros por 12 (quilômetros), seis para cada lado da linha férrea, ligando a terra mineira ao Atlântico, abrangendo Caravelas, Barra e Ponta de Areia, pertenceriam ao estado de Minas Gerais. ‘Seria isso verdade?’, perguntará o ansioso mineiro. Será que os pintores, escritores, poetas mineiros perderão este elemento tão inspirador e legendário, a nostalgia do mar?”

Ponta de Areia na versão jazzística de Esperanza Spalding, a princesa do contra-baixo acústico...


quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Preço do Petróleo Atualizado: Um Panorama do Cenário de Queda e seus Impactos na Economia

O preço do petróleo segue em queda nos mercados internacionais. Na manhã de hoje o Brent está sendo negociado a US$ 46,42, menor valor em 6 anos. É a pior queda de preços desde 2008, quando os preços do petróleo perderam mais da metade de seu valor em plena crise financeira internacional.

Os principais causadores de tamanha queda são o aumento de produção, em especial nas áreas de xisto dos EUA, e uma demanda menor que a esperada na Europa e na Ásia. Com o boom do xisto nos últimos anos, a produção norte-americana disparou com mais de 9 milhões de barris por dia.

Quem Ganha e Quem Perde

A queda dos preços afeta diretamente as empresas que exploram petróleo e os investimentos no setor. Já os grandes importadores e dependentes do petróleo levam vantagem, como Filipinas e China, que estão aproveitando os preços baixos para impulsionar o crescimento econômico ou reverter a desaceleração econômica.

O preço mais baixo do petróleo também reduz a inflação no mundo todo e é provável que retarde as altas nas taxas de juros nos países ricos.

Grandes comerciantes de petróleo do mundo também têm aproveitado o momento para contratar superpetroleiros para armazenar estoques de barris no mar à espera de uma recuperação dos preços. A estratégia também está elevando as taxas de frete de navios-tanque, e as empresas de transporte têm visto os preços de suas ações subirem.

Grandes consumidores de combustível como as companhias aéreas também podem, em tese, ser beneficiados com o combustível mais barato e levar essa economia para uma redução nos preços.

E a Petrobras?


A queda do preço do petróleo no mercado internacional, em tese, também diminui a rentabilidade dos projetos de exploração do pré-sal, que foram planejados inicialmente levando em conta um preço mínimo do barril de US$ 45 para a produção poder ser considerada economicamente viável.

Porém, de acordo com a diretora de Exploração e Produção da Petrobras, Solange Guedes, o custo de extração de petróleo na camada pré-sal não para de cair e atingiu o patamar de US$ 9 o barril - abaixo da média da estatal, de US$ 14,6 por barril, e da média das empresas do setor, de US$ 15 por barril.

A executiva, que apresentou um panorama do pré-sal no almoço-palestra “Pre-Salt: What Has Been Done So Far and What is Coming Ahead” (“Pré-sal: o que já foi feito e o que vem pela frente”), na Offshore Technology Conference 2015, em Houston (EUA), disse que a produtividade do pré-sal excedeu as expectativas e o custo de produção tende a cair ainda mais no futuro próximo.

“Atualmente, a média de produção no pré-sal da bacia de Santos ultrapassa 25 mil barris de petróleo por dia (bpd). Cinco poços produzem, cada um, mais de 30 mil barris por dia. E os campos de Sapinhoá e Lula possuem poços em que a média de produção pode atingir 40 mil barris por dia”, informou.

A petroleira brasileira tem conseguido também reverter parte da perda acumulada no ano passado da defasagem entre os preços dos combustíveis no mercado internacional e os cobrados no mercado interno. Atualmente, o preço nacional da gasolina já está quase 70% acima do preço internacional do combustível importado pela companhia, segundo levantamento do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE).

Mercado Futuro

Operadores de petróleo estão se posicionando para lucrar com mais uma queda nos preços da commodity, tomando grandes posições vendidas nos contratos futuros norte-americanos. Os operadores esperam um consumo menor em refinarias depois do verão norte-americano, enquanto o enfraquecimento de economias asiáticas e alta produção global de petróleo elevam as preocupações sobre o excedente de oferta.

Dados do mercado mostram que especuladores fizeram grandes apostas em novas quedas. O interesse aberto para posições vendidas nos preços do petróleo norte-americano, que mostra o número de negócios apostando em preços mais baixos, quase dobrou desde o início de agosto, para cerca de 247 mil contratos, mesmo com a queda dos preços de quase 15 por cento.

Além de apostar em novas quedas no petróleo norte-americano, operadores também têm assumido agressivamente opções de vendas, que lhes dão o direito de vender um contrato assim que ele cair a um determinado patamar, em valores tão baixos quanto 35 dólares ou até 30 dólares por barril.


Ações da Petrobras

Seguindo a cotação internacional do petróleo, as ações da Petrobras seguem em queda livre na bolsa de valores. É fácil ver, ao comparar o gráfico do papel PETR4 abaixo com o gráfico do Brent acima, a forte relação entre as cotações.


Para os especuladores de plantão, que gostam de se posicionar neste papel na tentativa de alavancar o capital, sugiro não tomar posições compradas no momento. Circulei em amarelo, no indicador de força relativa (IFR), os pontos de reversão de tendência de curto prazo passados. Um novo clico de alta poderá ocorrer, porém o sinal ainda não foi dado.

Fonte 1
Fonte 2
Fonte 3

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

BM&F BOVESPA: A Bolsa Brochada

Investidores desesperados ao verem suas ações de Petro e Vale chegarem novamente a mínimas históricas contrataram novos agentes formadores de mercado na tarde de hoje. Após o IBOV romper a LTA que marcava fundo em 46.600 e ir parar lá nos 45.900 os formadores tentaram levantar os ânimos. Porém, acho que não será suficiente, esta bolsa tá é brochada...

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Efeito Gleisi no IBOV

Atrapalhou minhas compras de ações e ainda por cima me estopou na venda do índice, complicado viu...

IBOV beliscou os 46.660 e depois repicou forte. Bancos puxando a manada graças a rumores políticos.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Totvs e Bematech, Como o Mercado Reagiu ao Anúncio de Incorporação?

O mercado foi pego de surpresa mais uma vez no final da última sexta. Como a grande maioria dos colegas já está ciente, a maior companhia brasileira de software corporativo, Totvs, anunciou acordo para incorporar a Bematech em uma transação de dinheiro e ações que atribui um prêmio de mais de 60% sobre o último preço de fechamento das ações da companhia de soluções de automação para o varejo.

A união ampliará a presença da Totvs no varejo nacional e adicionará soluções de hardware e software de venda utilizados atualmente por estabelecimentos como restaurantes, hotéis e lojas de eletroeletrônicos. O negócio também reforça a concorrência no mercado de soluções de tecnologia para o varejo ocupado atualmente por empresas como a Linx. A expectativa é que a união das duas companhias, em que a Bematech se tornará uma subsidiária integral da Totvs, seja concluída até outubro. A operação deve ser aprovada em rito sumário pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

O negócio prevê que os acionistas da Bematech que aderirem à reorganização societária receberão em troca de suas ações 9,35 reais e 0,043421048 ação da Totvs. Esses montantes não incluem dividendo de 0,1585 real por ação que será distribuído aos acionistas da Bematech. A transação atribui um valor de 11 reais por ação à Bematech, um ágio de 61,5 por cento sobre o fechamento do papel nesta sexta-feira, a 6,81 reais. O presidente da Totvs, Rodrgo Kede, foi questionado se a Bematech continuará listada em bolsa. Kede respondeu que "perde um pouco o sentido ter duas empresas listadas".

A Bematech completa 25 anos em 2015 e atua hoje em três áreas: varejo, food service e hospitality (que inclui os segmentos de hotéis e transportes terrestres). A empresa atende cerca de 500 mil estabelecimentos comerciais no Brasil e no exterior, incluindo grandes redes globais de varejo, alimentação e hotelaria, e conta com cerca de mil colaboradores que atuam no Brasil, China, Taiwan, EUA, Argentina, Chile e Portugal.

Segundo o presidente da Bematech, Cleber Morais, a assembleia com os acionistas da empresa para discutir a incorporação ocorrerá no dia 3 de setembro. O executivo destaca que a negociação entre as duas empresas tem como foco a “complementaridade” dos serviços e produtos que oferecem. A rede de distribuição da Bematech conta com mais de 5 mil revendedores que se somarão à rede nacional de distribuição da Totvs.

Abaixo o quadro da estrutura acionária atual da Bematech. A maior parte das ações estão em Free Float (78,65%). 
 

Abaixo o quadro de estrutura acionária atual da Totvs. Grande parte das ações também estão em Free Float (67,04%). 


Como o Mercado Reagiu ao Anúncio de Incorporação?

Tanto as ações da Totvs (TOTS3) quanto da Bematech (BEMA3) apresentam alta no dia de hoje. Como era esperado, a BEMA3 abriu em gap de alta devido ao "prêmio" anunciado na incorporação. O papel abriu cotado a 9,70 atingindo um pico de 9,99. 


Já TOTS3 apresenta uma alta tímida de 2,7% no dia de hoje. Esperava até uma abertura em queda em função do prêmio que está sendo pago mas tudo indica que o mercado gostou do anúncio.


domingo, 16 de agosto de 2015

Protestos Contra o Governo PT/Dilma - 16/08/2015

Neste domingo ensolarado o povo foi novamente para as ruas protestar contra o governo atual do PT nesta segunda gestão de Dilma Rousseff. A movimentação popular ocorreu em todas as capitais e em outras cidades do Brasil conforme mostra o mapa abaixo.


Veja algumas imagens do protesto...

Aécio finalmente saiu do Whats App e foi para as ruas... 

Não basta protestar, tem que tirar um selfie para o Face... 

 Ainda bem que não convocaram o Robin, ia virar para gay, rs...

Representação da operação que só pega empresários

 Caixão e vela preta para Dilma e Lula, ações da Petro e Vale idem...  

 Saudosismo estranho 

Baianos fazendo uma micareta útil 

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Qual o Melhor Banco para Investir? Itaú, Bradesco ou Banco do Brasil?

Não, não é para você investir seu dinheiro através destes bancos, pelo contrário, deixe seu dinheiro longe dos bancos, mas compre ações deles. A resposta do melhor banco para comprar suas ações já foi dada neste post. Preciso revisar os números mas na minha opinião continua sendo o Itaú. Bradesco até que é um bom banco mas com esta última aquisição é melhor ficar fora. Banco do Brasil também não é aconselhável pois temos o fator Governo por trás.

Estou fazendo este post em pedido do colega Seu Guarda. Ele perguntou: "O BBAS está no suporte? Como você o vê graficamente falando?!"

Então vamos analisar o gráfico BBAS3:


Do ponto de vista da LTA traçada em amarelo, temos suporte fortíssimo em 19,30. Porém, algo me diz que o preço chega nos 18,XX em breve. Mas é só um palpite bem subjetivo. Em 17,XX seria um ponto onde os interessados poderiam encher o carrinho. Vamos agora analisar os outros dois bancões.

ITUB4: O preço ainda está bem afastado da LTA, Vejo ponto de compra muito interessante por volta de 25.XX. É lá que encherei o carrinho de ITUB3.


BBDC4: Gráfico muito semelhante ao da ITUB4. Ponto de compra interessante por volta de 22.XX. Estamos quase lá.


A cada dia que passa vejo o IBOV mais perto dos 46.600 que é o nosso suportão. Os bancos ditarão esta queda até lá. Fiquem atentos.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Fechamento de Julho/2015 e Primeira Parcial do Ranking de Rentabilidades da Blogosfera

No final deste post divulgarei a primeira parcial do ranking de rentabilidades da blogosfera. Este ranking é consolidado no fechamento do último mês do ano e publicado em janeiro do ano seguinte. Vamos ao meu fechamento individual.

Rentabilidades

Em julho amarguei uma perda de -1,98% nos investimentos. Porém continuo positivo no ano em 8,65%. Por pouco não fiquei positivo novamente no histórico geral mas o mercado retomou a tendência de queda e a alta exposição em renda variável continua me prejudicando (-2,81%).


As ações tiveram um desempenho pior que o IBOV. -5,23% da carteira contra -4,17% do IBOV. No ano as ações estão valorizadas em 0,21%.


Os FIIs tiveram um desempenho pior que o IFIX. -0,84% da carteira contra 0,70% do IFIX. No ano os FIIs estão valorizados em 12,48%.


O gráfico a seguir consolida todas as rentabilidades bem como apresenta a evolução dos principais índices de mercado (CDI, poupança, IPCA e IGPM). Infelizmente ainda estou abaixo de todos eles.


Proventos

Em julho recebi poucos proventos de ações (0,13%). Porém os FIIs continuam remunerando muito bem (1%). No geral a yield foi de 0,66% no mês. O yield geral médio é de 0,63% com 0,38% nas ações e 0,94% nos FIIs.


Abaixo o gráfico de yield mês a mês.


Alocações

A seguir apresento a evolução das alocações dos ativos. Estou mantendo uma proporção 2:1 entre FIIs:ações e mantendo uma pequena parte da reserva de emergência na poupança. O reatante está Tesouro Selic e em conta corrente de corretoras. Tinha umas LCIs mas resgatei para comprar ações neste mês.


Rentabilidades da Blogosfera

E finalmente a primeira parcial do ranking. Alguns colegas não estão divulgando o anual. Fiquem atentos.