terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Tags: , , ,

BR Insurance - Fato Relevante e Resposta do RI


Contato com o RI

22 de dezembro de 2014 11:20

Bom dia!

Como acionista minoritário da BR Insurance, gostaria de saber se a empresa tem algum posicionamento em relação à grande que nas cotações da empresa desde o ano passado. Já foi feto algum estudo pelo departamento de investimento da empresa em relação ao pessimismo do mercado em relação aos últimos resultados?
Quais boas notícias nós investidores podemos esperar na apresentação dos próximos resultados?
Quais estratégias a empresa está adotando para melhorar os resultados operacionais?
Como ficará a politica de dividendos para 2015?

Grato
,

Resposta

22 de dezembro de 2014 11:25

Investidor, bom dia!

O que acha de agendarmos um call para conversarmos sobre seus questionamentos?
Tenho disponibilidade hoje a tarde, a partir das 16h e amanhã pela manhã.

Por favor me passe seu número e o horário para nos falarmos.

Obrigada,

Nathalia Boiseaux

Como pode ser visto na troca de emails apresentada acima, no quesito eficiência e transparência de RI, a BR Insurance deu show de bola, fiquei muito satisfeito.

Em conversa por telefone com a analista de RI - Nathalia Boiseaux - nesta manhã, foi possível entender melhor o processo de integração pelo qual a empresa está passando. Em linhas gerais, segundo a analista, através de sistemas de informação integrados está sendo possível realizar um mapeamento completo da base de clientes atual com o intuito de ampliar a oferta de protudos aos mesmos. O que poderá, no futuro, possibilitar um aumento de receitas para a empresa.

Um grande esforço de integração está sendo realizado com o objetivo de apresentar ao mercado uma empresa concisa e forte, e não apenas um conjunto de 52 corretoras reunidas sob um logotipo. 

Conforme já demonstrado na última apresentação de resultado, o aumento de 64% nas despesas em relação ao 3T2013 deve-se principalmente aos gastos no processo de integração. Segundo a empresa, é esperada volatilidade nas despesas nos próximos resultados, porém, tais iniciativas trarão benefícios relevantes nos próximos anos.

Sobre o posicionamento da empresa em relação à forte queda da cotações, a analista pontuou que três fatores em conjunto contribuiram: baixa liquidez do papel, momento de pessimismo do mercado em geral e algumas vendas pontuais de sócios após o término do período de lock-up. A analista afirmou também que a empresa realiza monitoração constante do fluxo de investidores e não foi percebida nenhuma venda em massa do papel, e que os principais investidores estrangeiros continuam posicionados na empresa.


Fato Relevante

Na noite de ontem a empresa apresentou o seguinte fato relevante:

Fato Relevante - Contratacao do Banco Morgan Stanley

A BRASIL INSURANCE PARTICIPACOES E ADMINISTRACAO S.A. companhia aberta,
sediada na Cidade e Estado de Sao Paulo, na Alameda Santos, n 1.787, 5o andar,
Cerqueira Cesar, CEP: 01419-002, inscrita no CNPJ sob o n 11.721.921/0001-60
("Companhia" ou "Brasil Insurance") vem informar que contratou o Banco Morgan
Stanley S.A nesta data, na qualidade de assessor financeiro, com
o objetivo de assessora-la na redefinicao de seus objetivos estrategicos. A
Companhia entende que esta iniciativa nao conflita com o Projeto Evolucao ora em
curso e reafirma seu compromisso com os acionistas e com o modelo de negocio


Por coincidência, este fato relevante veio justamente no dia em que entrei em contato com o RI e em que as ações se valorizaram 20%. Não tinha tomado conhecimento do fato mas na conversa por telefone a analista citou que tinha sido divulgado ontem (22/12/2014). Segundo ela, em função das grandes quedas nas cotações, a empresa já vinha sendo consultada por várias instituições no sentido de prestarem assessoria estratégica. E a parceria foi celebrada com o Morgan Stanley.

Minha opinião pessoal é que a BR Insurance, nos preços atuais, se constitui de uma possível aposta de turn-around. Foi o que me motivou a realizar um singelo aporte na semana passada ao preço de 2,60, o que já me dá uma valorização momentânea de quase 30% em três dias. Porém, valorização esta que não chega nem perto das perdas atuais desde minha primeira compra em 2013. De qualquer forma, sigo confiante com a empresa, o radar continua ligado apesar de já ter direcionado meu foco neste setor para os papéis PSSA3 e BBSE3.


17 comentários:

  1. Beleza, Uó? A BR Insurance não é uma seguradora, mas uma corretora que é paga através de comissões por vendas de seguros, certo?

    Neste sentido, a empresa não corre os riscos de uma seguradora mas também não é capaz de obter os belos lucros que o setor é capaz de oferecer...

    Sendo apenas uma "vendedora comissionada" de seguros não acho tão interessante assim o modelo de negócios... Ela pode sim ganhar market share e crescer em volume... Mas sempre haverá um concorrente voraz querendo recuperar espaço em cima dela... O setor de vendas é muito complicado e depender de um alto e crescente volume de vendas é bastante complicado...

    O que você acha? Estou deixando escapar algo relevante?

    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I.R., sua análise foi precisa, porém, a empresa encontra-se depreciada no mercado em termos de preço, vejo então um grande potencial de valorização caso os esforços atuais da empresa se traduzam em aumento de receita/lucros. É uma empresa então que continua no meu radar.

      Excluir
    2. Entendi... vou dar uma olhada depois com mais calma...
      Valeu!

      Excluir
  2. Que amadorismo para um "investidor" confundir corretora com seguradoras! tsc tsc tsc....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que amadorismo você criticar alguém ao invés de abaixar a orelha e procurar aprender um pouco com ele. Fácil criticar, não ?!!!

      Se não fosse o espírito de Natal, eu lhe mandaria tomar no cú.

      Excluir
    2. Quem está confundindo o que? Anom tá meio perdido aqui no nosso blog, ts.

      Excluir
    3. "apresentar ao mercado uma empresa concisa e forte, e não apenas um conjunto de 52 corretoras reunidas sob um logotipo."

      Esta frase no post mostra que o UO não confundiu seguradora com corretora e sabe claramente do que se trata a empresa... Ae UO, me desculpe se meu comentário causou mais confusão do que ajudou...

      Excluir
    4. Pois é IR, de vez em quando vem uns Anons aqui neste blog tumultuar, mas já estou acostumado, rs.
      Abraço!

      Excluir
  3. Uó,

    Estamos vendo alguns papéis que apanharam se recuperarem mas o que está por vir nas próximas semanas poderá fazer com que se devolva tudo e não só estes papéis como outros também afundarem.

    Se é para arriscar, arrisque pequeno pois o mercado está brincando com os sardinhas e quem não ficar esperto vai dançar.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto mesmo Poni, meu aporte foi o condizente com este tipo de risco, apenas 600 reais. Contudo, aportei 2400 na PSSA e 2400 na BBSE que são investimentos menos arriscados. Já passei daquela época que via uma ação "barata" e ia com muita cede ao pote. rs

      Excluir
  4. Uó,

    BBSE3 foi promovida para a carteira B&H?

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto mesmo I.L., mais um casamento, tô cheio de esposa agora, kkk, um verdadeiro arém.

      Excluir
    2. UB,

      Mas você vai ficar com ela e a PSSA3? E o ciúmes, rs?

      Abraços.

      Excluir
  5. Queria entender essa notícia. Obrigado

    http://www.bmfbovespa.com.br/Agencia-Noticias/ListarNoticias.aspx?idioma=pt-br&idNoticia=18201412230066&header=201412231636BR+INSURANCE+(BRIN-NM)+-+Periodo+de+Dissidencia18201412230066&tk=a68909d2632f3df7c16d2f4d6c6f1025&WT.ac=BR+INSURANCE+(BRIN-NM)+-+Periodo+de+Dissidencia

    ResponderExcluir
  6. Quando acontece isso, as ações sobem ? Ela está atualmente em R$ 3,65. Queria entender qual a consequência desse fato sobre as ações da empresa. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostaria de saber implicação disto. Chegou a ligar para o RI? Só sei que o mercado gostou. Pena que só comprei dois lotes em 2,6.
      Abraço!

      Excluir