segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Brasil: Presente para os Gringos

Hoje foi Black Monday para a Gringolândia. Um movimento de pânico eleva o Dólar em 3% e abaixa o IBOV em 6% (sem contar as quedas de dias anteriores). Está formada aí a janela que os gringos esperaram durante dias. 9% de lambuja em um único pregão. Não deu outra, foi só o mercado americano abrir que as compras foram iniciadas. Resultado: uma alta de quase 6% até as 14 horas da tarde. E nós aqui ficamos lambendo os beiços.

O canal 1 já foi invalidado, esqueçam...


Agora estamos entre o canal 2...


...e o canal 3...


No post anterior um anônimo perguntou quais são os meus targets de compra. Seguem os gráficos...























Bons investimentos!

13 comentários:

  1. Adoro crise!
    É a chance do Bagual de ser mega milionário!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só se vc tiver vendendo dólares, rs

      Excluir
    2. que a crise no setor elétrico dure mais algum tempo para dar tempo das minhas comprinhas a conta gotas..

      Excluir
    3. Setor problemático este.

      Excluir
  2. Cadê o gráfico do BBSA? nunca comprei tão barato como ultimamente, nos 15 é sonho.

    ResponderExcluir
  3. UO, conhece alguém que fico bilionário apenas mexendo com dólar?
    UO, BBAS3 não está em sua lista?

    ResponderExcluir
  4. É, agora com a liberação de novos compulsórios na China e diminuição de suas taxas de juros, parece que acabou, ao menos temporariamente, a derrocada da bolsa brasileira, uma pena. Índices europeus subindo forte nessa manhã, dolár nas alturas no Brasil... Americano vai vir aqui e fazer a rapa. =/

    ResponderExcluir
  5. Realmente Uo, os gringos que estavam ligados devem estar rindo a toa uma hora dessas.
    Agora, uma coisa que me impressiona é o número de fatos que vem balançando os mercados globais de 2008 pra cá.
    Será que um dia voltaremos a ter estabilidade na economia mundial?

    Abraçoo
    http://burguesinglorio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estabilidade é momentânea, mas nem quero isto, o bom é mercado mexendo mesmo, rs.

      Excluir